sexta-feira, 1 de julho de 2022 - 01/07/2022 10:47:57
Revista Portal Útil

O conteúdo "Venda de eletrodoméstico usado: dicas" foi feito por Redação e distribuído por Revista Portal Útil na categoria Dicas em .


Tem algum eletrodoméstico usado, do qual não pretende mais fazer isso? É muito que pessoas que vão se mudar, queiram vender alguns de seus pertences. E isso acontece por vários motivos, desde o fato de não ser viável levar ou apenas porque já comprou outro novo.

Nesse caso, a melhor coisa que você pode fazer com certeza é vender o seu aparelho, uma vez que vai lhe gerar uma renda extra. Mas, por mais que muitas pessoas tenham essa ideia, fato é que nem todos sabem como vender.

E, de certa forma, essa é uma dúvida comum, uma vez que nem sempre estamos habituados com esse tipo de situação. Mas, através de algumas dicas, com certeza esse procedimento vai se tornar muito mais fácil do que você esteja pensando.

Afinal de contas, nos dias de hoje, há vários lugares dos quais você pode recorrer a fim de vender aparelhos antigos. Dessa forma, vai lhe gerar uma boa renda e ainda abrir espaço para comprar novos eletrodomésticos, caso seja da sua vontade.

Inclusive, não podemos deixar de citar que a venda de produtos usados não é apenas para quem quer comprar novos. Deve-se salientar que há pessoas que ganham a vida dessa forma: vendendo produtos usados.

Diversos eletrodomésticos usados

E isso quer dizer que sempre vai ter alguma pessoa interessada no que você tem para vender. Por isso, neste artigo da Revista Portal Útil, reunimos algumas dicas para facilitar o seu processo de vendas. Gostou? Então é só continuar nos parágrafos seguintes. Confira!

O que este artigo aborda:

Conserte o que for preciso

A primeira dica que vamos dar é para você procurar por um conserto de eletrodomésticos. Mas por quê? Se o seu intuito é se desfazer de algo que não vai mais lhe ser útil, qual é a necessidade de investir em consertar?

É bem simples. Quando você coloca algo usado à venda, o valor a se cobrar deve ser de acordo com a condição do seu produto. Então, se ele possui muita avaria, riscos ou algum botão quebrado, o valor dele vai cair muito.

Isso pode não ser muito lucrativo para você e, em algumas das vezes, o defeito é algo simples de se resolver. Portanto, considere ao menos levar numa especializada para saber qual é o problema e fazer uma cotação de orçamento. Isso pode fazer com que seu eletrodoméstico valha mais.

Seja honesto sobre a condição

O melhor caminho sempre vai ser a honestidade. Ninguém vai querer perder tempo na hora de negociar algum eletrodoméstico. Por isso, mostre o estado real do produto que você deseja vender. Exponha nas fotos ou na descrição.

E, antes de fechar negócio, certifique-se de que a pessoa esteja ciente de todos os eventuais problemas, arranhões ou amassados que o aparelho possa vir a ter. Fornecer esses detalhes para o comprador é fundamental.

As pessoas gostam de vendedores que são honestos, pois cria a sensação de transparência, algo essencial dentro do procedimento de vendas.

Leia também: Como funciona troca ou a garantia de um eletrodoméstico?

Incluir imagens de qualidade

Colocar fotos que espalham a real situação do produto em questão é uma outra forma de ser honesto em relação à condição do eletrodoméstico. E, para os usados, esse é um detalhe ainda mais importante, uma vez que as pessoas querem saber de todos os pormenores.

Sendo assim, caso o seu aparelho tenha alguma arranhão ou coisa do tipo, procure tirar fotos que não necessariamente valorize o defeito, mas que mostre que ele está lá. E faça isso com a máxima qualidade possível, pois vai influenciar na hora da venda.

Verificar e comparar preços

O valor do seu produto deve estar de acordo com a média. Por isso, um trabalho que você deve ter é fazer uma pequena pesquisa em relação ao aparelho que você pretende vender. Faça uma média e cobre um valor parecido.

No entanto, você deve levar em consideração a condição de cada um deles, haja vista que o valor está diretamente ligado ao quão bom e funcional ele é. Se você definir um valor muito alto, que não condiz com aquilo que o seu aparelho oferece, isso não vai atrair as pessoas.

Agora, um preço muito abaixo pode fazer com que a venda seja mais rápida, mas não será economicamente viável. Por isso, antes de fazer qualquer venda, procure saber qual é a média. Baseie-se nela.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Qual o melhor plano de internet e telefone fixo?

Qual o melhor plano de internet e telefone fixo?

Como fazer o controle de ponto dos funcionários?

Como fazer o controle de ponto dos funcionários?

Dicas para escolher bem as roupas de bebê

Dicas para escolher bem as roupas de bebê

Como melhorar a caligrafia? Veja algumas dicas

Como melhorar a caligrafia? Veja algumas dicas

Como organizar uma loja pequena de roupas?

Como organizar uma loja pequena de roupas?

Qual a melhor Bíblia infantil?

Qual a melhor Bíblia infantil?