Revista Portal Útil

Os cabelos fazem parte da personalidade e estilo de grande parte das pessoas, sendo considerados uma extensão de quem realmente são. Enquanto uns gostam de visuais mais despojados e curtos, outros preferem um look mais romântico, com fios longos e esvoaçantes. Contudo, mesmo que utilize produtos de beleza baratos e cuide bem das madeixas, é importante cortar de tempos em tempos, ainda que seja apenas alguns centímetros. 

No entanto, depois de conseguir fazer o cabelo crescer, pode ser difícil entender se está na hora ou não de cortar as pontas, sem precisar sacrificar o comprimento. Portanto, se você está utilizando cosméticos baratos e cuidando direitinho, mas não sabe se precisa ou não cortar, continue acompanhando o post de hoje e veja quais são os sinais:

O que este artigo aborda:

Cabelereira cortando o cabelo de uma mulher
Cabelereira cortando o cabelo de uma mulher
Pin It

1. Pontas duplas

Vários fatores podem explicar o surgimento de pontas duplas no cabelo, mas uma coisa é certa: elas não irão diminuir por conta própria e podem até piorar. Sendo assim, quanto antes detectá-las e eliminá-las melhor será para a saúde e aspecto dos fios. Tenha em mente que não existe nenhum tratamento milagroso, pois somente o corte irá oferecer o que você precisa. 

2. O cabelo não tem forma

Se o cabelo não tem mais volume ou movimento, é hora de renovar o corte. Afinal, conforme ele cresce, o corte se desintegra e não aparece mais. Contudo, para resolver esse problema, basta cortar alguns centímetros, sem precisar sacrificar o comprimento. 

3. Fios muito finos

Mesmo ao aumentar o cuidado com os fios e evitar as agressões externas, o desgaste das madeixas é natural. Portanto, ainda que seu cabelo seja mais volumoso por natureza, ele pode se tornar mais fino conforme cresce, perdendo também queratina. Quando o afinamento atinge todo o cabelo, o problema pode ser relacionado a hormônios, alimentos, etc. Contudo, se estiver centralizado nas pontas, isso significa que precisa de um corte atualizado. 

4. Cor dos fios não está uniforme 

Além da perda da queratina, que causa o afinamento nas pontas, o desgaste natural dos fios também é fonte de perda de melanina, ficando mais claro nas pontas. Isso é normal, principalmente em cabelos escuros, mas é um sinal de que é necessário passar a tesoura. 

5. O corte não aparece

Como falamos, conforme o cabelo cresce, é comum que o corte desapareça. Sendo assim, por mais que ele esteja saudável, pode ser que você não se sinta tão confortável com sua aparência. Nesse sentido, passar a tesoura para voltar ao visual anterior é uma boa pedida. Além disso, tenha em mente que cortar gradualmente irá permitir que você não perca o corte com o qual se sente bem. 

6. Cachos não definidos

Para as cacheadas, é importante observar se o cabelo está sem forma. Isso porque, de nada adianta utilizar diversos produtos, se o cabelo por si só não enrola. Isso é sinal de que ele está precisando de um corte. Dessa forma, eles voltarão a ser flexíveis, promovendo o aspecto desejado sem tanto trabalho. 

7. O cabelo está sempre com nó 

Se os fios perderem a forma e estiverem danificados, é certeza de que você terá cada vez mais dificuldade para desembaraçá-los. Como consequência, os tratamentos de beleza terão menos eficácia, visto que a escova pode danificar os fios quando usada da forma incorreta. Por isso, se estiver sentindo muita dificuldade, é hora de cortar. 

8. Pontas muito secas

O ressecamento excessivo é comum em cabelos com química, pois acabam ficando secos com maior facilidade. Sendo assim, é recomendado cortar, pelos menos, as pontas, a fim de manter o crescimento saudável. Caso contrário, além de o cabelo não ter forças para crescer, o aspecto ficará pior, como se não estivesse sendo bem cuidado. 

9. Está tendo muito trabalho para arrumar

Se todo dia você está tendo dificuldade em controlar e desembaraçar os fios, isso é um sinal de que é preciso renovar o corte ou até mesmo apostar em um novo visual. Existem diversas tendências atuais e referências na internet para se inspirar. Tenha em mente que de nada adianta ter o cabelo no comprimento desejado, se perde muito tempo para arrumá-lo no dia a dia. 

10. Parece que os fios não estão mais crescendo

Pode ser que você não esteja cortando o cabelo por querer que ele cresça e ganhe mais comprimento. Contudo, é comum chegar no momento em que os fios não parecem mais ter forças para crescer, mesmo com seus esforços. Se eles começarem a quebrar antes mesmo de você notar o ganho no comprimento, é importante fazer um corte. Caso contrário, os fios vão continuar quebrando e o aspecto será pior conforme o tempo for passando. 

Então, com as dicas do post de hoje, temos certeza que você irá perceber melhor os sinais que seus cabelos estão passando. Com isso, poderá cortá-los regularmente e, assim, garantir fios sempre saudáveis e bonitos. 

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse