terça-feira, 17 de maio de 2022 - 17/05/2022 02:15:26
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 04/09/2021 às 20:15.

O rafting, atividade que combina aventura e natureza, tem crescido bastante nos últimos anos, no Brasil.

Quando o turismo retomar com força depois da pandemia, a tendência é que ganhe cada vez mais e mais adeptos em todo o país. Por isso, preparamos um lista de 5 curiosidades sobre o rafting. Confira:

O que este artigo aborda:

1. De onde vem a palavra “rafting”?

A palavra “rafting “ vem de “raft”, que significa significa “jangada” ou “balsa” em inglês. Oo “ing” é a terminação, também em inglês, para, o tempo verbal presente contínuo (ou progressivo).

Então, em tradução livre, seria algo como “Jangadeando”..

2. Como são os botes de rafting?

São concebidos para proporcionar segurança aos praticantes, o material, chamado “hypalon”, é formado por meio da mistura do poliéster e do Neoprene, combinação bastante resistente.

9 curiosidades sobre o rafting

Um sistema faz a água escoa sozinha de dentro dele. Há duas boias, que serve para dar estabilidade na hora de superar os. O bote possui entre 3,65 e 5,50 metros, sendo que os maiores trazem mais estabilidade.

3. Quem inventou o rafting?

Os índios e outras civilizações já utilizam canoas e jangadas para transportar pessoas e suprimentos por rios pouco hospitaleiros. Porém, o primeiro registro “moderno” do que viria a ser considerado rafting é de 1911: uma tentativa de descida pelas corredeiras do Rio Snake (“cobra”), localizado no estado de Wyoming, Estados Unidos. O nome do pioneiro não foi encontrado.

4. Quando o rafting passou a ser oferecido ao público?

Então, ele começou a ganhar visibilidade nas décadas de 1950 e 1960, em virtude do aprimoramento dos equipamentos e da descoberta de novos trajetos. Contou ainda com o impulso do exército norte-americano, que utilizou barcos similares aos do rafting como botes salva-vidas na Segunda Guerra Mundial. Com isso, a atividade passou a ser oferecida nas corredeiras do Grand Canyon, nos Estados Unidos.

5. Já foi um esporte das olimpíadas?

Sim! A modalidade esteve presente nos jogos olímpicos de Munique (1972), Barcelona (1992) e Atlanta (1996), os dois últimos como apresentação.

6. Quando chegou ao Brasil?

No começo da década de 1980. Uma empresa chamada TY-Y Expedições passou a promover a prática no Rio de Janeiro. Depois, a Canoar Rafting e Expedições expandiu para outros outros Estados, como São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

7. O rafting é seguro?

Pode-se dizer que sim. O rafting respeita vários protocolos de segurança para que possa ser oferecido e praticado. A exploração comercial do rafting é regulamentado pela Lei Geral do Turismo, de setembro de 2008. Ela descreve os critérios a serem atendidos pelas empresas que quiserem oferecer a prática, além de regras e obrigações. Os instrutores também são qualificados conforme normas técnicas.

8. Crianças podem praticar rafting?

Crianças e até animais (isso mesmo, conhecemos pelo menos uma empresa que permite levar o cachorro no trajeto, claro que em um bem mais seguro para o pet). Quanto às crianças, não existe restrição. Pessoas de todas as idades podem praticar o rafting, mesmo que não possuam treinamento ou experiência anterior.

É necessário, claro, certificar-se de que a empresa que está ofertando o serviço atenda aos protocolos de segurança e tenha condutores qualificados. Os rios também são classificados em seis níveis de dificuldade e risco (por uma entidade que tem abrangência internacional!). Então, é claro que as crianças não descem corredeiras naqueles mais perigosos.

9. E como são os rios mais perigosos para o rafting?

Os rios da última classe (Extremo) apresentam muitas dificuldades, , bastante imprevisibilidade e perigos. Eventuais erros podem ser bem graves e os resgastes, complicadíssimos. Por isso, somente por equipes compostas por peritos podem descê-los. Ainda assim, é bastante provável que eles o façam somente nos trechos mais favoráveis e com todas as devidas precauções tomadas.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Mini Wedding: Quais os Benefícios e Como Fazer

Mini Wedding: Quais os Benefícios e Como Fazer

Por que os jovens trocam tanto de emprego?

Por que os jovens trocam tanto de emprego?

Simpatias Para Engravidar: Veja 5 Opções Para Você Fazer

Simpatias Para Engravidar: Veja 5 Opções Para Você Fazer

Por que mesmo com o desemprego em alta, as empresas têm dificuldade em arranjar bons funcionários?

Por que mesmo com o desemprego em alta, as empresas têm dificuldade em arranjar bons funcionários?

Setor de Artesanato cresce em vendas na pandemia

Setor de Artesanato cresce em vendas na pandemia

Onde comprar roupas baratas pela internet

Onde comprar roupas baratas pela internet