Revista Portal Útil

Basicamente todo tipo de aparato grande feito de metal precisa de chapas de aço, já parou para pensar nisso? A ideia de sabermos fazer chapas de aço ajudou o ser humano a conseguir fazer diversos tipos de aparatos diferentes.

Chapas de aço são usados para a criação de veículos de todos os tipos, de eletrodomésticos, e muito mais. Por conta disso, a forma com que as chapas são feitas vem evoluindo cada vez mais ao longo dos anos. 

Em algum momento a produção desse tipo de peça já foi bem mais difícil e perigosa, com alguns ferreiros fazendo apenas usando seu martelo e um forno a lenha com seu fole. Um trabalho muito mais lento e demorado.  

Mas hoje tudo mudou. Hoje os processos da produção da chapa são muito mais seguros, rápidos e fazem com que as empresas consigam mais do material com muito menos esforço, algo que ajudou a indústria a dar passos importantes.

Mas será que você sabe como se faz? Temos que lembrar que esse procedimento não é pequeno, e é mais complexo do que as pessoas imaginam, e é exatamente para falar disso que estamos aqui hoje.  

Hoje vamos sobre o que é chapa de aço e como as chapas de aço surgiram, desde seu primeiro passo até o ponto que já está pronta para venda ou para uso, passando por todo o seu complexo processo. 

O que este artigo aborda:

O que é chapa de aço?
O que é chapa de aço?
Pin It

A mineração

O primeiro passo da produção de aço é conseguir a matéria prima para que ele seja produzido. O aço é um material natural que pode ser encontrado na natureza, quase sempre através de processo de mineração.

Algumas pessoas quando pensam em mineração, pensam primeiro em carvão ou então em ouro, mas o minério de ferro também é importante e praticamente tudo o que temos de aço vem dessas minas.

Lembrando que o processo de mineração atual é extremamente moderno e um trabalho muito menos arriscado, usando muito maquinário pesado e automação, para que tudo seja feito sem ficar colocando pessoas e o meio ambiente em risco. 

O processo de usinagem

Assim que o minério é minerado, ele vai para a usina siderúrgica. Por lá começa o processo de realmente transformar aquilo em ferro. Temos que lembrar que assim que o minério chega ele ainda está cru demais para se chamar de aço.

Por isso a primeira coisa é transformar ele em ferro gusa. Nesse estado ele ainda é bem quebradiço e fraco, e está longe de parecer uma barra de aço, mas assim ele fica mais fácil de ser trabalhado.

 Neste trabalho, a coisa mais importante é fazer com que ele seja refinado, e com isso eliminar todos os componentes que não seja o ferro, uma vez que ele vem carregado com muitas impurezas.

Acaria

Feito isso, é hora da acaria, que é o processo de fazer com que o ferro gusa se torne finalmente uma placa de aço. Precisamos lembrar que existem diferentes tipos de aço, e a forma de fazer com que um ao se torne algum outro tipo específico, é exatamente nessa hora, onde produtos químicos são adicionados.  

Esse processo é extremamente importante, já que se ele for feito errado você pode perder todo o carregamento de ferro. A gusa só pode ser modificada uma vez antes de virar ferro propriamente dito, principalmente porque os produtos químicos modificam o produto de vez. 

Então basicamente esse é o passo de decidir que tipo de chapa de aço você vai ter, levando em consideração os clientes que você quer suprir. Esse processo vai dar em uma placa de aço grande, já sendo o aço, mas ainda longe de parecer uma chapa.

A laminação

Então, uma vez que você tem a placa em suas mãos, é hora de fazer com que ela tenha o formato certo que você precisa para poder chamá-la de chapa. Para isso, você precisa fazer o processo de laminação, que basicamente é esticá-las.

Claro que como estamos falando de aço, isso precisa ser feito com maquinário pesado e específico para que não haja um acidente ou para não estragar o material. Mesmo sendo um material forte,por esse estado quente para a laminação, ele pode ser contaminado e deixar de ser aço puro.

Lembrando que se as placas de aço forem grossas demais, é impossível fazer com que elas se tornem chapas, por isso o processo de transformá-las em chapas é um trabalho de precisão, sempre respeitando o tamanho limite.

Em resumo, o processo de criação da chapa de aço é extremamente interessante, e se você queria saber como esse processo acontece, saiba que não é nada fácil, tendo que passar por diversos processos, para que só no fim você tenha acesso a chapa, que então pode ser comercializada para vários tipos de indústrias no mercado. 

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse