sexta-feira, 1 de julho de 2022 - 01/07/2022 11:21:47
Revista Portal Útil

O conteúdo "Gesso ou madeira. Qual o melhor material para usar? Conheça outra opção!" foi feito por Redação e distribuído por Revista Portal Útil na categoria Casa e Jardim em . Conteúdo atualizado em .


Quem está construindo ou reformando um imóvel tem inúmeras decisões para tomar sobre a estrutura do local, decoração, acabamentos e muito mais. Porém, a grande maioria se esquece de dar a devida atenção a uma das partes mais importantes de todo imóvel: o teto!

Escolher qual será o revestimento do teto deve ser uma das decisões mais bem pensadas e analisadas com cuidado – afinal, não é um passo meramente estético, a escolha do revestimento impacta diretamente na funcionalidade do imóvel no dia a dia e na praticidade dos moradores.

Desta forma, o primeiro passo é entender quais são os principais tipos de forros para tetos disponíveis no mercado atualmente, que são os de madeira e o de gesso. Os dois são vantajosos, mas apresentam aspectos estéticos e funcionais diferentes!

Dependendo de qual escolher, os moradores podem ter um isolamento acústico e térmico maior, melhorando a qualidade de vida dentro do imóvel. Também é possível tornar o local mais seguro em casos de incêndios e muitas outras vantagens.

Então, se você ainda não tinha pensado sobre o revestimento do teto do seu imóvel ou está em dúvida de qual escolher, nós podemos te ajudar. Felizmente você está no conteúdo certo!

Gesso ou madeira. Qual o melhor material para usar? Conheça outra opção!

A seguir, daremos algumas dicas de como escolher o revestimento ideal para seu imóvel, além de explicarmos em detalhes as características dos forros de madeira e gesso.

Assim você terá todas as informações necessárias para tomar uma decisão assertiva e vantajosa em mãos. Porém, lembre-se que a escolha deve ser muito bem pensada e analisada.

Então, leia com atenção!

O que este artigo aborda:

Qual o melhor revestimento de teto para seu imóvel?

Na arquitetura e design de interiores, o teto não é um mero detalhe. Ele é muito mais do que apenas uma base da construção utilizada para a instalação de pendentes, luzes e lustres – muito pelo contrário!

O teto por ser extremamente útil, funcional e bonito. Também proporciona um ambiente mais aconchegante e acolhedor aos moradores e frequentadores do local. Para isso, os revestimentos de teto são fundamentais.

Ao utilizar o gesso ou madeira, entre outros tipos de forros, é possível ter maior isolamento térmico e acústico, além de esconder o telhado, vigas e dutos elétricos da construção.

Desta forma, é possível evitar que a instalação elétrica, hidrossanitária e outras, não fiquem embutidas diretamente na laje do local (o que facilita a manutenção desses recursos ao longo do tempo).

Ou seja, os revestimentos proporcionam mais praticidade e conforto aos imóveis.

Outra característica que deve ser mencionada é sua qualidade estética, já que tornam o local mais sofisticado, bonito, harmonioso e aconchegante. São acabamentos super importantes. 

Saber escolher o melhor modelo de forro, portanto, é igualmente necessário. Confira algumas dicas!

Como escolher o melhor modelo de revestimento de teto

O primeiro passo para uma decisão assertiva é pensar em como o ambiente ficará quando tudo estiver pronto.

Isto é, as pessoas precisam escolher o forro que vá de acordo com o estilo de decoração do local, por exemplo. Se for um ambiente mais acolhedor, talvez a madeira seja a opção ideal. 

Se quiser algo mais moderno e sofisticado, o gesso pode ser o mais indicado. São apenas exemplos! 

Outro ponto a considerar é a funcionalidade que o forro terá no local: se o revestimento será apenas decorativo ou se ele precisa ser mais resistente para ajudar na estrutura, se ele será útil apenas para esconder as instalações elétricas e hidráulicas do imóvel, entre outras questões. 

Esse é um aspecto que deve ser conversado com profissionais, pois é algo mais técnico. Por fim, é fundamental prestar atenção em qual cômodo o forro será instalado, porque isso pode interferir na decisão de qual material usar.

Os forros de gesso, por exemplo, podem ser usados em qualquer cômodo, enquanto o de madeira só é recomendado para áreas internas e secas. 

A seguir, confira mais detalhes sobre cada tipo de forro. Agora que já sabe o que considerar, é hora de entender quais as características dos forros para tomar a decisão mais assertiva e sábia. 

Acompanhe!

Revestimento de teto em gesso

Os painéis de gesso acartonado, também conhecidos como DryWall, são os mais utilizados no mercado. Isso porque eles são bonitos, têm ótimo custo-benefício e são fáceis de instalar.

Eles são fixados em estrutura de perfis metálicos e permitem a criação de diversas formas e desenhos no teto (como as sancas, por exemplo). 

Essa opção permite o isolamento térmico, acústico e esconde todas as instalações do imóvel.

O gesso aparenta ser elegante, sofisticado e proporciona uma excelente qualidade estética. Vale a pena pesquisar mais sobre esse material!

Forros de madeira

Os forros de madeira são os mais bonitos, elegantes e sofisticados, isso é fato. No entanto, eles não são os mais práticos do mercado, uma vez que necessitam de alguns cuidados.

As ripas de madeira são instaladas facilmente, são atemporais, duráveis, elegantes e aconchegantes. 

Aceitam diversos tipos de acabamento, são sustentáveis e apresentam isolamento acústico e térmico – o que é ótimo para os moradores e frequentadores do local.

É uma opção mais custosa, no entanto, se essas vantagens te interessam, procure por mais informações sobre o assunto!

Se nenhuma das duas alternativas te convenceu, vamos te dar outra opção: os revestimentos e teto de PVC. Você já ouviu falar deles? Eles são práticos, bonitos e resistentes.

Confira!

Revestimento de PVC no teto? Isso mesmo!

As folhas de PVC são aquelas que têm a aparência de ripas compridas. Geralmente são brancos, mas é possível encontrá-los com o aspecto de madeira e muito mais.

Em relação ao custo-benefício, o revestimento de PVC é o melhor, ainda mais quando comparado aos forros anteriores.

Eles são super econômicos e apresentam um resultado incrível, podendo ser usados em locais úmidos como nos banheiros graças à sua resistência  à umidade. Além disso, eles são práticos, podem ser reciclados, são versáteis, fáceis de instalar e de limpar.

Também são ótimos para esconder as instalações!

Se você encontrou a solução ideal para o seu problema, procure saber mais sobre o assunto agora mesmo.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Organize sua cozinha e otimize seu tempo no dia a dia

Organize sua cozinha e otimize seu tempo no dia a dia

6 dicas para construir uma casa sustentável

6 dicas para construir uma casa sustentável

Procurando um serviço de qualidade em desentupimento de vasos sanitários?

Procurando um serviço de qualidade em desentupimento de vasos sanitários?

Como higienizar seu sofá em casa?

Como higienizar seu sofá em casa?

Como ter uma horta em casa? Confira algumas dicas

Como ter uma horta em casa? Confira algumas dicas

Época de manga: tudo sobre o momento certo para plantar e colher

Época de manga: tudo sobre o momento certo para plantar e colher