segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 12:12:49
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 06/10/2021 às 21:26.

O setor de agronegócio vem se destacando a nível nacional e internacional; entenda por que o mercado ganha cada vez mais espaço nas carteiras de investimento.

O ano de 2020 ficou marcado por muitas variações na economia. Enquanto alguns segmentos sofreram com o impacto negativo da pandemia, outros alcançaram números positivos. Entre os setores que vêm se destacando e trazendo boa rentabilidade aos investidores está o do agronegócio.

Independentemente do mercado e do produto financeiro escolhido, é preciso saber que realizar um investimento demanda conhecimento, suporte especializado de uma corretora de investimentos e busca constante por informações a respeito do mercado. 

O que este artigo aborda:

Agronegócio e commodities em expansão

São chamados de commodities todos os produtos que servem como matéria-prima para a produção de outros produtos. Desta forma, elas representam itens em estado bruto que podem ser estocados com facilidade sem risco de prejuízo à sua função.

O segmento agropecuário está diretamente atrelado ao setor de commodities, já que muitos produtos se enquadram nessa categoria — trigo, soja, milho e açúcar são alguns exemplos.

Investimento em agronegócio no Brasil está em alta

O momento econômico favorável em países como Estados Unidos e China, que consomem commodities brasileiras, faz com que o investimento em agronegócio no Brasil se encontre em uma situação promissora.

Ainda, o setor alimentício costuma ser mais resistente do que outros quando a economia está em crise, tendo em vista que ele trata de itens essenciais.

A nível internacional, o crescimento do consumo de commodities, especialmente no mercado asiático, é outro fator que contribui para o aumento da demanda e para o crescimento do setor.

O agronegócio não está relacionado apenas ao mercado de alimentação: produtos como papel e celulose também tiveram sua demanda aumentada, o que contribuiu para a movimentação positiva desses mercados.

Estímulos econômicos e movimentos internacionais

Sem dúvida, o crescimento do agronegócio brasileiro está diretamente atrelado ao contexto internacional. Diversos países estão realizando ações governamentais que visam estimular a economia, com o propósito de promover a recuperação pós-pandemia.

Este é um cenário de estímulos fiscais e monetários que favorece o aumento da demanda internacional. 

Junto a isso, com a exportação a empresa recebe em dólar. Sabemos o quanto a moeda está valorizada frente ao real, por isso as empresas se beneficiam não só da receita obtida por meio da venda e do preço dos produtos, mas também pelas questões cambiais.

Perspectivas a curto e médio prazo 

O investimento no setor do agronegócio é uma estratégia interessante, com perspectivas positivas a curto e médio prazo.

Naturalmente, toda escolha financeira deve partir da análise do perfil do investidor, seus objetivos, carteira e diversificação. Tratando-se de investimento em ações do setor do agronegócio, por exemplo, acompanhar o mercado e contar com o suporte especializado é fundamental.

Estamos vivendo hoje um ciclo de alta, porém, por se tratar de um segmento cíclico, é essencial acompanhar movimentos e tendências.

Isso não significa que a propensão seja de queda a longo prazo, porém, eventuais mudanças no mercado podem apontar para novas alternativas de investimento, com potencial mais elevado do que o setor do agronegócio.

É por isso que os investidores precisam estar atentos ao mercado e contar com o suporte de profissionais com conhecimento no setor.

Como investir no agronegócio

Para quem está pensando em investir no agronegócio, a dica é buscar por produtos financeiros do setor. Ações de empresas do segmento são ótimas alternativas; entretanto, antes de escolhê-las, é preciso observar quais são as receitas e gastos daquela companhia.

Dentro do setor do agronegócio existem muitos nichos, com parâmetros e números bem diferentes. Muitas vezes a receita de um nicho é o custo de outro.

Por exemplo, no caso do preço do grão, enquanto a empresa que produz grãos pode se beneficiar com a alta neste produto (já que poderá aumentar o valor de venda), outra companhia também do setor agro que utiliza esse produto pode se prejudicar, como um frigorífico, que compra grãos para alimentar os animais.

Portanto, a dica para o investidor que quer aplicar em agronegócio é conhecer os fundamentos e o que sustenta o negócio a médio e longo prazo. Conheça os aspectos relacionados à sustentação e ao resultado da empresa escolhida e avalie que tipo de setor pode trazer mais retorno financeiro para o seu investimento.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Tire as suas dúvidas sobre portabilidade de previdência privada

Tire as suas dúvidas sobre portabilidade de previdência privada

Quais os serviços bancários feitos na lotérica da caixa?

Quais os serviços bancários feitos na lotérica da caixa?

VGBL Progressivo ou Regressivo: por que se atentar a este tipo de investimento

VGBL Progressivo ou Regressivo: por que se atentar a este tipo de investimento

Como economizar durante a pandemia

Como economizar durante a pandemia

Como definir um limite diário de Pix no app do C6 Bank

Como definir um limite diário de Pix no app do C6 Bank

O DNA digital dos bancos brasileiros

O DNA digital dos bancos brasileiros