Revista Portal Útil

É sabido que a escolha do calçado certo vai além da estética ou do conforto imediato. Usar calçados inadequados pode te causar sérios problemas de saúde que afetam não só os pés, mas também outras partes do corpo, como joelhos e coluna.

E são muitos os brasileiros que sofrem com dores e lesões que poderiam ser evitadas com um pouco mais de atenção ao tipo de calçado que utilizam.

Por isso, é importante entender como a escolha adequada dos calçados pode prevenir esses problemas e te proporcionar uma vida mais saudável, confortável e longeva.

Problemas nos pés

A começar pelos próprios pés, pois o uso de calçados inadequados pode causar diversos problemas neles.

Bolhas são comuns quando os sapatos são muito apertados ou feitos de materiais que não permitem a respiração da pele. Além de calos e calosidades que também são frequentes e surgem devido ao atrito constante em determinadas áreas dos pés.

Outro problema comum é a fascite plantar, caso mais sério que se trata de uma inflamação na fáscia plantar, a parte que vai do calcanhar até os dedos. Essa condição pode causar dores intensas e até crônicas. 

E por último, o neuroma de Morton, que por sua vez é uma condição dolorosa que envolve o espessamento do tecido ao redor dos nervos entre os dedos dos pés. Em que sapatos apertados ou de salto alto podem agravar essas condições, causando desconforto e dor.

Problemas nos joelhos e coluna

As próximas partes do corpo que são gravemente afetadas por calçados inadequados são os joelhos e a coluna.

Sapatos sem suporte adequado levam a um desalinhamento do corpo durante a caminhada ou corrida. O que pode resultar em dores nos joelhos e até em condições mais graves, como a síndrome da dor patelofemoral, que causa dor ao redor da rótula.

A coluna é afetada através do uso prolongado de calçados não recomendados, capazes de alterar a postura, levando a dores lombares e problemas crônicos na região que serve de alicerce pro tronco.

Além disso, uma postura inadequada durante o caminhar pode causar inflamações e desgaste das articulações da coluna, podendo trazer condições dolorosas que exigem tratamento prolongado.

A consequência do uso de salto alto

Como já mencionado, os sapatos de salto alto, embora elegantes, podem prejudicar a saúde dos pés e do corpo.

Seu uso excessivo pode alterar a distribuição do peso do corpo, colocando pressão excessiva na parte frontal dos pés. Isso pode levar a dores, calosidades e deformidades, como joanetes.

E como adiantamos, eles podem causar problemas posturais, forçando o corpo a uma postura antinatural, aumentando a curvatura da coluna e causando dores lombares.

Por isso, mulheres que usam salto alto regularmente também correm o risco de desenvolver problemas nos joelhos devido à pressão adicional colocada nas articulações. Mas não estamos falando para parar completamente, e sim compreender o que o excesso acarreta.

Calçados esportivos adequados

Assim como é fundamental escolher um par de tênis esportivo adequado para cada atividade física para prevenir lesões e até melhorar seu desempenho.

Cada esporte exige diferentes tipos de suporte e amortecimento. Tênis de corrida, por exemplo, são projetados para absorver o impacto do pé no solo e proporcionar suporte adequado ao arco do pé.

Para atividades como caminhada, crossfit ou vôlei, é importante escolher calçados específicos que atendam às demandas dessas atividades de grande exigência física na parte inferior do corpo. 

De forma geral, tenha sempre em mente que usar o calçado correto reduz o risco de lesões, como entorses e fraturas por estresse, e te ajuda a manter uma postura adequada durante qualquer prática, algo que no futuro, você certamente verá o valor.

Maiores cuidados

Nossas recomendações diante de todos esses problemas e observações são as seguintes:

  • Escolha calçados confortáveis que ofereçam suporte adequado.
  • Mantenha os pés sempre limpos e secos para evitar infecções.
  • Alterne os calçados usados diariamente para evitar desgaste excessivo de um único par.
  • Evite usar o mesmo calçado por longos períodos, especialmente se for de salto alto.
  • Veja regularmente a condição dos seus calçados para poder substituir quando necessário.

Sinais de que você precisa trocar de calçado

Aproveitando a última recomendação, é importante estar atento aos sinais que indicam que é hora de substituir os calçados, claro que questões financeiras e até de gosto podem atrasar isso, mas tente se programar com antecedência considerando sua saúde em primeiro lugar:

  • Desgaste excessivo na sola.
  • Perda de suporte no arco do pé.
  • Desconforto ao caminhar ou correr.
  • Aparência deformada ou danos visíveis.

Quando esses sinais aparecem, já é hora de investir em um novo par para evitar problemas.

Consulte um especialista

E mais do que cuidados pessoais, se perceber sinais de problemas nos pés, joelhos ou coluna, não minimize achando que pode passar sem fazer nada, é fundamental procurar um médico ou podólogo.

Especialistas que podem diagnosticar condições como fascite plantar, neuroma de Morton, problemas nos joelhos ou na coluna, e recomendar o tratamento adequado caso necessário, lembrando que quanto antes for descoberto, maior probabilidade de eficácia dos tratamentos.

Portanto, busque escolher o calçado adequado para prevenir essa série de problemas de saúde e muitos outros possíveis.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse