quinta-feira, 26 de maio de 2022 - 26/05/2022 17:15:46
Revista Portal Útil

O conteúdo "Quais os perigos das telas dos computadores durante a pandemia?" foi feito por Marcela Ferreira e distribuído por Revista Portal Útil na categoria Saúde em . Conteúdo atualizado em .


Trabalho remoto, isolamento social, confinamento…

As medidas restritivas para conter a epidemia da Covid-19 fizeram com que as pessoas ficassem mais em casa, e com isso, mais tempo na frente das telas de computadores e smartphones.

Seja para o trabalho ou diversão, existe um risco nisso. E não é à toa que a procura por telemedicina aumentou. Isso por conta dos mais variados problemas de saúde.

O que este artigo aborda:

Quais os riscos do uso das telas durante a pandemia?

Com um número elevado de pessoas em trabalho remoto e por conta do distanciamento social, houve um grande aumento no uso de smartphones, tablets e computadores.

Graças a tudo isso, podemos conversar com outras pessoas respeitando o distanciamento social.

Quais os perigos das telas dos computadores durante a pandemia?

Tirando os benefícios, há um impacto negativo na nossa saúde, uma vez que passamos muito tempo na frente do computador.

E quais são os riscos?

Sobrecarga mental

A comunicação à distância tem uma consequência em nosso cérebro e pode causar um esgotamento mental, dizem os especialistas em Neurociência.

Por exemplo, uma vídeo chamada requer mais concentração do que um encontro presencial, principalmente pela ausência de sinais não verbais, como gestos e posturas, por exemplo.

Isso porque esses sinais não verbais facilitam a compreensão e interpretação das mensagens.

Além disso, conversar na frente de uma câmera causa uma pressão a mais, o que leva à uma fadiga mental e ansiedade.

No caso de reuniões de trabalho, há uma redução da atenção pelas diversas fontes de distração, e esse fluxo de informações sobrecarrega o cérebro.

Problemas de coluna e joelho

Passar muito tempo sentado na frente do computador ou mesmo olhando para a tela do celular pode desencadear problemas de joelho e coluna.

Tanto que o número de pessoas buscando médico joelho que atende pela Unimed aumentou consideravelmente.

Além de problemas no joelho, as pessoas reclamam de dores na coluna, por causa da má postura na cadeira.

Risco de problemas de visão

Além do impacto no nosso cérebro, joelho e coluna, várias horas passadas na frente de telas pode prejudicar nossos olhos e provocar diversos problemas, como dor de cabeça, fadiga, dificuldade para ver de longe, etc.

Um outro diagnóstico é o ressecamento dos olhos, e uma das causas é a posição da monitor.

Isso acontece quando a tela está acima dos nossos olhos, pois a tendência é abrir mais os olhos e isso pode levar ao ressecamento dos olhos.

Esses são os principais riscos, mas as consequências de uma exposição prolongada podem se tornar mais sérias, mas existem algumas medidas que ajudam a diminuir esses riscos.

Dicas para evitar os perigos riscos do uso das telas

Existem coisas simples que você pode fazer para evitar e reduzir os sintomas causados pelas horas passadas na frente do computador ou telefone:

  • Fazer uma pausa durante 20 segundos a cada 20 minutos e fixar os olhos em um ponto a 6 metros de distância, pois isso evita que os músculos dos olhos fiquem contraídos por muito tempo;
  • Mudar de posição de tempos em tempos, se levantar e dar uma volta no ambiente;
  • Use uma cadeira confortável e ajuste para deixar seus pés apoiados no chão;
  • Se possível, recorra a outros canais de comunicação, como envio de mensagens, falar ao telefone, etc;
  • Não usar o computador ou celular antes de dormir.

Embora exista uma série de vantagens de trabalhar em casa, como ter mais liberdade e ficar mais tempo com a família, é importante tomar alguns cuidados.

E um deles é não ficar longas horas na frente do monitor de um computador ou celular, caso contrário, você tem mais chances de ter problemas de vista, cansaço mental e dores no joelho e coluna.

Marcela Ferreira

Enfermeira pós graduada com especialização em traumas, urgência e emergência. 12 anos de experiência na área de saúde mental na rede SUS do município de Belo Horizonte. Atuo com criança, adolescentes, adultos e usuários de múltiplas drogas.

1

Pode ser do seu interesse

Bem-estar na terceira idade: 5 dicas para uma saúde de qualidade

Bem-estar na terceira idade: 5 dicas para uma saúde de qualidade

Cannabis e quimioterapia: como o uso medicinal da planta pode contribuir para o tratamento auxiliar do câncer

Cannabis e quimioterapia: como o uso medicinal da planta pode contribuir para o tratamento auxiliar do câncer

Plano de saúde mais barato: veja 4 dicas de planos

Plano de saúde mais barato: veja 4 dicas de planos

Telemedicina no Brasil: O que pode e o que não pode?

Telemedicina no Brasil: O que pode e o que não pode?

A importância do pilates para a saúde física e mental

A importância do pilates para a saúde física e mental

Cirurgia de Papada: Procedimentos e como funciona

Cirurgia de Papada: Procedimentos e como funciona