domingo, 22 de maio de 2022 - 22/05/2022 14:31:28
Revista Portal Útil

Publicado por Diego Augusto em 10/05/2022 às 21:19.

Contar com um software de gestão é imprescindível para clínicas e consultórios médicos atualmente. 

Com a alta demanda, necessidade do aumento de produtividade, segurança de dados e diminuição de falhas humanas, esse sistema se torna um grande aliado da área médica.

No entanto, a tecnologia se desenvolve a cada dia que passa. Estar com um sistema médico desatualizado significa perder oportunidades, contar com a sorte e limitar a produtividade das equipes. 

O problema é que muitas clínicas nem sabem que estão com um sistema desatualizado e que há opções muito melhores no mercado – os quais podem aumentar a efetividade dos serviços, protegê-los e evitar problemas com a fiscalização de dados.

Por este motivo, abordaremos algumas situações em que se você se identificar significa que é melhor trocar de software médico da sua clínica o quanto antes. Isso em casos de desatualizações que causam riscos para a empresa – como sistemas médicos que não atendem às novas normas da LGPD. 

Entenda se você precisa trocar de sistema médico

Caso a fiscalização encontre a clínica e identifique que o estabelecimento não está segundo as novas regras, pode aplicar penalizações financeiras e até mesmo administrativas.

Dentre as possíveis punições estão a paralisação das atividades relacionadas aos dados, que na área médica são muitas, e pagamento de multas que podem chegar até 50 milhões de reais.

Ou seja, chegou a hora de analisar com cuidado se o sistema médico que está utilizando é o mais completo, atualizado e seguro que há disponível no mercado. Caso não seja, busque opções mais confiáveis o quanto antes.

Confira, portanto, se a sua clínica precisa trocar de software de gestão para clínicas. Acompanhe!

O que este artigo aborda:

Sistema médico para clínicas: será que está na hora de mudar?

Um software médico de qualidade impacta em diversos aspectos de uma clínica. Por meio dele as equipes se tornam mais assertivas, eficientes e produtivas no dia a dia. 

O que, obviamente, torna a experiência dos pacientes mais agradável. O atendimento passa a ser mais rápido, as equipes erram menos e todo fluxo de trabalho começa a fluir melhor.

Com tudo isso, o cliente sai da clínica satisfeito e volta nela quando precisar novamente – além de indicar para outros colegas, familiares e amigos. Sendo assim, um sistema médico pode ajudar até mesmo no aumento da receita da empresa.

Leia também: Como a tecnologia pode ser uma aliada do seu negócio?

Mas, tudo isso só é possível se a clínica tiver um bom software de gestão. Caso contrário, o efeito pode ser totalmente o contrário (como o encaminhamento de multas, serviços mais demorados e confusos).

Portanto, a seguir, entenda qual o momento certo de mudar de sistema de gestão e também o que um bom software deve ter para ser eficiente atualmente. Confira!

Se o sistema não está de acordo com a LGPD, troque o quanto antes

Na área da saúde, especialmente em clínicas e consultórios, há uma demanda de dados muito grande. Ou seja, a empresa precisa lidar e armazenar informações de centenas de pacientes, como dados pessoais e até mesmo sobre a saúde deles.

Nada disso pode ser vendido ou vazado, o que é muito comum em ataques hackers, por exemplo. Para tornar essa demanda mais segura, surgiu a Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD.

Essa lei estabelece algumas regras para que as empresas capturem, armazenem e lidem com essas informações com segurança, aumentando a proteção desses dados tão importantes.

Sendo assim, os sistemas médicos, os quais armazenam e transitam informações precisam estar de acordo com determinadas normas. Caso contrário, os dados ficam desprotegidos e, com isso, a clínica está passível a sofrer penalizações severas.

Portanto, nestes casos, trocar de sistema é uma medida de segurança e necessidade. Caso o software não esteja de acordo com as normas, troque-o o quanto antes para evitar transtornos.

Um bom sistema médico precisa atender as demandas da LGPD atualmente, isso deve ser inegociável.

Suporte técnica de baixa qualidade

Os sistemas médicos precisam ter um suporte técnico de qualidade para ajudar os usuários – profissionais das clínicas – caso algum problema aconteça. Esse suporte precisa ser rápido e eficiente, já que o funcionamento da empresa não pode parar por horas.

O mais recomendado é que as clínicas prestem bastante atenção nesse fato ao contratar um sistema. Se o software que já está sendo utilizado não conta com um suporte técnico rápido e de qualidade, o ideal é trocá-lo.

Esse aspecto é fundamental e todo sistema de qualidade deve tê-lo.

Ausência de atualizações

O software utilizado não tem mais atualizações disponíveis? Chegou a hora de trocá-lo. Isso porque a área da saúde está em constante evolução, sempre surgem novas leis, normas e atividades novas.

Sendo assim, é importante ter um sistema que é atualizado a cada novidade que surgir. Como no caso da LGPD, há softwares que geraram uma atualização para que as clínicas estejam seguindo a lei sem precisar trocar de sistema.

Outros pararam no tempo e já não oferecem mais atualizações. Se este é o caso do seu, corra para trocá-lo, você pode estar perdendo novas oportunidades, funcionalidades e estará sempre um passo atrás da concorrência.

Antes de contratar um novo, confira a política de atualizações dele.

Se chegou a conclusão, com essas dicas, que está na hora de mudar de sistema, pesquise um novo com cuidado, analisando todos os detalhes. Assim, terá um novo software que agregará muito na rotina da sua empresa.

Diego Augusto

Formado em Sistemas de Informação na Faculdade Pitágoras. Apaixonado por tecnologia e sempre antenado as novidades. Trabalho no mercado a mais de 10 anos como desenvolvedor Web. Sou especialista em desenvolvimento de sistemas e sites em arquitetura serverless.

1

Pode ser do seu interesse

Tecnologia a favor das mães: aparelhos essenciais de cuidados com os filhos

Tecnologia a favor das mães: aparelhos essenciais de cuidados com os filhos

10 dicas para crescer no Instagram de maneira orgânica

10 dicas para crescer no Instagram de maneira orgânica

O que é streaming e como lançar um podcast na sua plataforma preferida

O que é streaming e como lançar um podcast na sua plataforma preferida

Por que pessoas seguem influenciadores digitais?

Por que pessoas seguem influenciadores digitais?

IHM na eficiência da linha de produção

IHM na eficiência da linha de produção

Como recuperar conversa de WhatsApp?

Como recuperar conversa de WhatsApp?