terça-feira, 17 de maio de 2022 - 17/05/2022 04:48:04
Revista Portal Útil

Publicado por Marcela Ferreira em 10/05/2022 às 21:32.

E aí estão preparados para quatro dicas de como baixar a glicemia de forma natural não é um milagre precisa disciplina você já vai entender.

Antes falar dessas cinco dicas eu preciso reforçar o seguinte, essas dicas precisam ser associadas ao tratamento convencional se você usa a insulina você precisa fazer as aplicações de insulina.

Se você toma alguma medicação você precisa tomar as medicações. Isso não elimina o tratamento, ok?

Vamos então as dicas de como baixar a glicemia:

O que este artigo aborda:

1 – Quantidade de carboidratos

Primeiramente, reduzir a quantidade de carboidrato é difícil, às vezes eu me pego é nesse desafio, mas é importante porque quanto mais consumimos carboidrato mais glicose vamos ter na corrente sanguínea.

5 dicas de como baixar a glicemia

2 – Qualidade dos carboidratos

Antes de mais nada, escolher os melhores carboidratos como, carboidratos complexos e ao invés do arroz normal branco você pode escolher o arroz integral.

Além disso, ao invés de um pão francês é  você pode escolher um pão integral com carboidrato complexos. Isso ajudar a baixar a glicemia.

Dessa forma, a glicose não caia de uma vez na corrente sanguínea e então conseguimos evitar os picos glicêmicos.

3 – Fibras na alimentação

De antemão, sempre inclua fibras na alimentação. As fibras são tão importantes, por exemplo, a salada possuí uma grande quantidade de fibra.

Além disso, conseguimos incluir na nossa alimentação chia, aveia e linhaça. Com isso, o nosso organismo acaba segurando o carboidrato e liberando aos poucos na transição do estômago para o intestino.

Ou seja, a fibra cai na corrente sanguínea e conseguimos um resultado que é a redução da glicemia. Então, a fibra tem esse papel importante segurar e não deixar uma absorção rápida.

Respeite o horário da alimentação

O horário de cada alimentação é de suma importância para todas as pessoas. Devido a rotina corrida de todos nós, muita gente acaba deixando de tomar o café da manhã ou deixando de fazer outras alimentações em horários chaves.

Sempre, devemos fazer a nossa alimentação no horário certo. Se ela não é feita no horário isso acaba descontrolando o controle glicêmico. Se você fica muito tempo sem comer uma hora a fome bate e é aí que acontece o exagero e acabamos comendo mais do que deveríamos.

4 – Atividade física

O exagero quando alimentamos de forma errada é o maior vilão do diabetes, por isso, sempre faça atividade física ao fazer você vai perceber como a insulina consegue agir melhor no seu organismo.

Bem como, praticando atividade física o controle da glicemia fica melhor, ou seja, a diabetes fica mais controlada. Antes de praticar qualquer atividade física procure o seu médico para ver se está tudo certo com a sua saúde.

Além disso, sempre que estiver praticando atividade física monitore a sua diabetes para evitar a hipoglicemia. Dependendo do tipo de atividade física principalmente corrida, futebol, ciclismo, dente outras a hipótese é maior de ter uma hipoglicemia.

Assim, monitore para não exagerar, lembrando que o exagero é o principal vilão e não é só na alimentação, na atividade física também.

5 – Regulador de glicose

Outra forma de baixar a glicemia com sucesso é tomando um regulador de glicose.

Todas as dicas citadas acima funcionam, porém, você pode otimizar ainda mais a redução usando um glicozol regulador de glicose. Ele é um composto de ingredientes especialmente desenvolvido para regular sua glicose da maneira correta.

Então, fique tranquilo que ele é 100% natural e não gera efeito colateral, além do glicozol ajudar a regular sua glicose ele ainda lhe ajuda a perder peso.

Conclusão

Todos os métodos listados acima são para lhe ajudar e seguindo as dicas você terá sucesso no controle da sua glicose, e ainda perder peso.

Afinal, é muito importante para evitar a diabetes e a obesidade, mas lembre-se é extremante importante você praticar alguma atividade física, dessa forma é 100%, certeza que você terá sucesso.

Marcela Ferreira

Enfermeira pós graduada com especialização em traumas, urgência e emergência. 12 anos de experiência na área de saúde mental na rede SUS do município de Belo Horizonte. Atuo com criança, adolescentes, adultos e usuários de múltiplas drogas.

1

Pode ser do seu interesse

Pré-natal online: o acompanhamento à distância é eficiente nesses casos?

Pré-natal online: o acompanhamento à distância é eficiente nesses casos?

Clínica compulsória e internação involuntária: Quais as diferenças?

Clínica compulsória e internação involuntária: Quais as diferenças?

Aprenda a melhorar a sua relação médico-paciente

Aprenda a melhorar a sua relação médico-paciente

Relacionamento tóxico: como identificar?

Relacionamento tóxico: como identificar?

Como fazer dieta intermitente? – Aprenda passo a passo!

Como fazer dieta intermitente? – Aprenda passo a passo!

Cuidados com a saúde íntima feminina

Cuidados com a saúde íntima feminina