segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 12:05:37
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 22/11/2021 às 18:41.

Desde o nascimento até a infância dos filhos, os pais se preocupam em fazer com que o quarto da criança seja um lugar confortável e tenha uma decoração legal. A questão é que ainda há muita gente que define a cor do quarto pelo sexo biológico do bebê. 

As “cores femininas” são o rosa e o lilás, enquanto os “quartos de meninos” são predominantemente azuis ou verdes. Mas alguns pais estão tentando quebrar esse estereótipo e seguem a linha genderless. Nela, do berço à decoração é priorizado o fim dessa cultura que estigmatiza os gostos e as cores a partir do sexo do bebê. 

Se você ainda não conhece a linha genderless ou tem dúvidas sobre como aplicá-la na decoração do quarto infantil, é hora de descobrir tudo sobre o tema. Vamos lá?

O que este artigo aborda:

A importância do conceito genderless

O conceito genderless (ou sem gênero) já está presente na moda e vem crescendo muito. Ele ganhou força ao extrapolar o rosa e azul como identificação de feminino e masculino. Para além disso, a ideia é criar uma reflexão muito maior sobre identidade de gênero desde a infância.

Os defensores do termo apontam que a problemática começa desde o chá-revelação, a escolha do enxoval, da decoração do quarto, da orelha furada e laços para meninas e se estende por toda a infância. E muito disso reflete nas brincadeiras e até nos discursos machistas que estão enraizados na sociedade.

Como fazer uma decoração de quarto infantil genderless

Promover essa reflexão na família e entre os amigos é uma porta de entrada para uma vida mais livre de estereótipos. Já imaginou quantas pessoas que pertencem à comunidade LGBTQIA+ não tiveram dificuldade de se assumir, já na adolescência ou vida adulta, por medo de uma repressão que acontecia desde a infância?

Pois é! Pequenas atitudes podem mudar tudo isso. Vamos agora às vantagens desse conceito na decoração.

Quais as vantagens de ter esse tipo de decoração?

Com a decoração genderless no quarto infantil, você consegue:

  • Quebrar padrões tradicionais;
  • Ter uma proposta inovadora e democrática para o quarto;
  • Explorar melhor as várias paletas de cores;
  • Optar tanto por decorações mais sóbrias como super divertidas;
  • Fugir das opções “princesa” para meninas e “carros” ou “heróis” para meninos;
  • Poder criar um ambiente mais acolhedor e receptivo no decorrer da infância;
  • Permitir que, quando mais velha, a criança participe do processo de decoração.

Mas como colocar a mão na massa e tirar essa ideia do papel? É o que você descobre a seguir.

Como fazer a decoração genderless na prática

Quem deseja montar uma decoração genderless para o quarto infantil não precisa seguir uma regra de cores. Todas elas são bem-vindas, mas explorar o colorido, as estampas e tudo o que remete à infância é o mais importante do processo.

O melhor é fazer algo divertido e não carregar só em um tom. Isso evita que a decoração fique pesada para a criança. Inclusive, se ela já for mais velha, pode participar desse processo. 

Outra opção interessante é fugir dos temas padrões de “menino” e “menina”. No lugar disso, aposte em uma decoração mais lúdica e alegre, priorizando a cultura do brincar. 

Mas há também os pais que apostam nos tons mais neutros e deixam o colorido nos detalhes. Nichos, prateleiras e almofadas são incríveis para dar um novo ar ao ambiente. E, claro, os brinquedos também.

Mesmo sendo um quarto infantil, vale colocar itens de decoração como quadros. Mas não como fazemos nas decorações dos adultos e, sim, com versões importantes para os pais e filhos. É assim que se cria uma atmosfera afetiva, que é sempre atemporal.

As opções são muitas. O que vale é a criatividade e ter a mente aberta a receber o conceito de genderless não só na decoração, mas também na moda. É assim que começamos a quebrar os estereótipos desde a infância.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Como fazer vídeos de exercícios em casa

Como fazer vídeos de exercícios em casa

Maquiagem básica: para o dia a dia, base, rímel, batom e mais!

Maquiagem básica: para o dia a dia, base, rímel, batom e mais!

O que fazer para acabar com a calvície feminina

O que fazer para acabar com a calvície feminina

Vale a pena fazer cirurgia plástica, o que ela interfere na sua saúde?

Vale a pena fazer cirurgia plástica, o que ela interfere na sua saúde?

Como cuidar da pele no outono?

Como cuidar da pele no outono?

O que esteticista faz? Saiba áreas de atuação e salários

O que esteticista faz? Saiba áreas de atuação e salários