terça-feira, 17 de maio de 2022 - 17/05/2022 03:47:55
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 07/02/2022 às 17:26.

Policarbonato é um dos materiais mais falados atualmente. Por sua versatilidade e alta resistência, já está ganhando espaço em projetos de construção civil, área de proteção, segurança, automobilística, entre outros diversos setores. 

Ficou conhecido por compor lentes de óculos, divisórias industriais, proteção de carros, entre outros produtos. No entanto, atualmente, é bastante conhecido por arquitetos e designers de interiores. 

Principalmente em coberturas de garagens, jardins de inverno, pergolados, estufas, toldos e mais. Por oferecer diversos benefícios por um ótimo custo-benefício, como ótimo custo-benefício, acessibilidade, leveza, resistência, entre outros, é um material em ascensão.

Entre as vantagens mais comentadas sobre o policarbonato está sua durabilidade – é alta! Ainda é fácil de limpar e dificilmente requer manutenções ao longo dos anos. Deixar de usar esse material em seus projetos pode ser um prejuízo.

Policarbonato substitui outros materiais que são mais caros e menos duráveis, por valores mais em conta. Se ainda não o conhecia, esse é o momento ideal para começar a considerá-lo em seus projetos. A seguir, saiba mais sobre o policarbonato e sua resistência e durabilidade incomparável.

Qual é a durabilidade do policarbonato?

O que este artigo aborda:

O que é policarbonato

Policarbonato é um termoplástico, o qual faz parte da família dos polímeros. Mas, não se assemelha com os plásticos e sim, principalmente em formato de chapas, com os vidros. 

Por ser termoplástico, o material se torna maleável quando exposto a altas temperaturas. Quando os graus baixam, ele se endurece novamente. Isso é um benefício porque é possível fazer diversos produtos com policarbonato, como chapas e telhas. 

É um plástico composto por resinas derivadas carbonatos, ou seja, ligações de carbono com oxigênio, feitos a partir da condensação do fosgênio com o bisfenol – também chamado de difenol-propano.

Além de ser moldável, uma das principais vantagens do policarbonato é sua resistência e durabilidade. Pode substituir diversos outros materiais em projetos dos mais diversos segmentos.

Isso porque apresenta ótima qualidade estética, tem maior luminosidade e pode ser pelo menos até 200 vezes mais resistente  do que os vidros e 40 vezes mais do que o acrílico, por exemplo. Sua durabilidade é um dos benefícios mais importantes e incomparáveis. 

Pessoas que desejam projetos duráveis, acessíveis, que não exigem constantes manutenções, costumam preferir esse material. Em coberturas e toldos, por exemplo, pode durar até 15 anos.

Isso quando os produtos de limpeza adequados são usados, caso contrário, essa durabilidade pode cair em alguns anos. É uma vantagem incomparável! Dificilmente outros materiais atingem essa vida útil.

Saiba mais sobre esse material!

Outro motivo para usar o policarbonato é que esse material tem quatro tipos diferentes de padronagens para aplicação que são: transparente, opaco, canelado e liso. Com isso, esse material se torna a opção ideal para quem deseja diversos efeitos nos projetos.

Podem ser usados em todo ambiente que exija luz natural, resistência e beleza. Está sendo bastante buscado por áreas externas, como garagens, jardins, estufas, passagens, passarelas, coberturas, toldos, entre outros locais. 

Além de ser uma ótima opção para jardins de inverno, pergolados e cômodos internos de residências, restaurantes, escritórios, escolas e muito mais. Em muitos casos, é um material mais comum do que imaginamos.

Provavelmente, os vemos todos os dias mas não percebemos. Isso porque o policarbonato também é usado em marquises, ponto de ônibus, domus de iluminação natural, coberturas industriais, solários, piscinas, shopping centers, estações de trem ou metrô, estádios de futebol, fechamentos laterais, sheds, divisórias e painéis de comunicação visual entre outras diversas opções.

Há duas opções de policarbonato no mercado: o compacto e o alveolar. Ambas apresentam vantagens incomparáveis. 

Confira!

Policarbonato compacto ou alveolar?

Além de formatos diferentes, como em chapas ou telhas, também é possível encontrar esse material em dois tipos diferentes. Para entender qual a melhor opção para seu projeto, é preciso conhecê-las melhor. 

O policarbonato alveolar, como o próprio nome já indica, apresenta alvéolos em sua superfície. Ou seja,  algumas linhas paralelas em sua aparência. É uma opção dobrável, pode ser modelada, é leve e tem ótima transparência – mesmo que seja menor do que a do policarbonato compacto.

A resistência desse policarbonato é alta e tem a durabilidade de cerca de 15 anos. É seguro, confiável e bonito! Outro ponto positivo dessa opção é que é mais acessível do que as peças de vidro e apresenta as mesmas vantagens.

Os alvéolos tornam esse tipo de policarbonato mais leve e maleável – esse é o grande diferencial. Já a opção compacta, tem uma estrutura diferenciada. É maciça e, diferentemente do material anterior, tem a aparência lisa. 

É muito confundido com os vidros nesse formato. O policarbonato compacto tem alta resistência, cerca de 250 vezes mais resistente do que vidros da mesma espessura, por exemplo. 

Vale ressaltar que essa estrutura maciça não interfere na flexibilidade e outras tantas vantagens citadas do material, possibilitando seu uso em diversos tipos de projetos.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Primeiro apartamento: o que é preciso levar em consideração

Primeiro apartamento: o que é preciso levar em consideração

Quanto custa um desentupidor de vaso sanitário?

Quanto custa um desentupidor de vaso sanitário?

Como ter uma horta em casa? Confira algumas dicas

Como ter uma horta em casa? Confira algumas dicas

17 principais utensílios de cozinha que todo mundo tem que ter

17 principais utensílios de cozinha que todo mundo tem que ter

Caça Vazamento: O Que É e Como Contratar

Caça Vazamento: O Que É e Como Contratar

O que você não sabia sobre caixa de gordura

O que você não sabia sobre caixa de gordura