Revista Portal Útil

Cada vez mais os trabalhos remotos vem se tornando mais comuns, haja vista que eles são capazes de oferecer uma série de benefícios.

Em vista disso, muitas pessoas começaram a procurar empregos na internet, como uma forma de aumentar o ganho no final do mês ou até para começar a empreender.

A verdade é que trabalhar na internet se tornou o sonho de muita gente, já que, além de ganhar dinheiro, a pessoa pode fazer isso sem sequer sair de casa e ainda ser o seu próprio chefe.

Dessa forma, ganha-se em autonomia, flexibilidade e qualidade de vida, haja vista que se tem mais tempo para aproveitar momentos de lazer.

Mas quais são os melhores empregos na internet? Como começar a empreender a partir da internet? É sobre isso que iremos falar neste artigo!

O que este artigo aborda:

Como trabalhar pela internet? 5 opções
Como trabalhar pela internet? 5 opções
Pin It

Como trabalhar na internet?

É completamente possível trabalhar na internet mas, para isso, você vai precisar de um dispositivo que tenha conexão à internet.

Mas, além do óbvio, você também precisa ter uma noção a respeito do ramo que quer atuar e qual será o seu tipo de negócio.

Em vista disso, é interessante começar a cogitar algumas ideias para trabalhar na internet, até mesmo para garantir que é uma boa estratégia de mercado.

É vital sempre refletir a respeito do que você gosta ou quer fazer e, assim, considerar quais são as suas habilidades ou quais deveriam desenvolver, a fim de atuar com o que deseja.

Abrir um negócio é sim uma forma de empregos na internet, mas há outras coisas que você também pode fazer.

Inclusive, cerca de 54% dos empreendedores digitais começaram um negócio há menos de um ano, de acordo com um levantamento feito em 2020.

Então, os empregos na internet é algo que está em constante ascensão, haja vista que há várias formas de trabalhar online.

Empregos na internet: qual trabalho fazer?

Diante de todas as vantagens que os empregos na internet são capazes de ofertar, não há como negar que se trata de uma proposta irrecusável.

Sendo assim, se você quer começar a desenvolver algum tipo de trabalho em meio digital, podemos indicar as seguintes opções:

1. Criação de loja virtual

Não há como falar de empregos na internet sem citar as lojas virtuais, haja vista que elas estão se tornando cada vez mais comuns no dia a dia de todos os brasileiros.

Através de um e-commerce, é possível vender uma série de produtos e, ainda, entregar para todo o Brasil.

Sendo assim, devido ao fato de ser um comércio na internet, acaba que o alcance se torna muito amplo, o que aumenta as suas chances de venda.

E, como é uma loja online, ela nunca vai fechar. Isso quer dizer que você pode ganhar dinheiro enquanto dorme!

Inclusive, é interessante citar que, de acordo com uma pesquisa feita pelo SEBRAE, o Brasil é o terceiro país que mais faz compras por meios digitais, mas lidera o ranking desse tipo de comércio na América Latina, tendo 59,1% das participações.

Além disso, ainda de acordo com o SEBRAE, estima-se que cerca de 80 milhões dos brasileiros consomem produtos de e-commerce.

2. Criação de blog e monetização

Um dos empregos na internet mais conhecidos é a criação de blogs, com efeito de monetização. Afinal de contas, trata-se de uma atuação bem antiga, mas muito relevante.

Afinal de contas, com a internet se tornando cada vez mais democrática, as pessoas acessam os mecanismos de busca a praticamente todo segundo.

Sendo assim, acaba por se tornar uma ótima forma de ganhar dinheiro pela internet. Ao criar o seu próprio blog, você pode falar de um assunto do qual é especialista.

Então, diante disso, você pode começar a negociar os espaços de anúncios dentro das suas páginas. Ou seja, a monetização ocorre através de propaganda dos anunciantes.

No entanto, a monetização não é a única forma de ganhar dinheiro com blogs, haja vista que você pode se filiar a algum produto e ganhar por comissão, por exemplo.

3. Produção de conteúdo

Um dos empregos na internet mais relevantes nos dias de hoje é a produção de conteúdo. Afinal de contas, as pessoas estão em busca de conteúdos que possam sanar as suas dúvidas.

Então, além de produzir para o seu próprio blog, que tal se tornar um redator profissional e escrever artigos para outros blogs e empresas?

No entanto, saiba também que há oportunidade de se apoiar em outros tipos de textos, com conteúdos para sites institucionais.

Mas, caso esse seja o seu intuito, saiba que é preciso não apenas dominar as normas da língua portuguesa, como também entender de SEO.

Afinal de contas, como você vai escrever para os mecanismos de busca, todo o seu texto deve ser otimizado para eles, como o Google, Bing, Yandex etc.

4. Canal no YouTube

Quem nunca pensou em criar um canal no YouTube e começar a ganhar dinheiro dessa forma? Diante dos inúmeros exemplos que temos hoje em dia, não há como negar que essa é uma excelente alternativa.

Então, se você é especialista em algum assunto, que tal começar a ensinar as pessoas através dos seus vídeos?

Agora, se você tem dúvidas a respeito de como ganhar dinheiro com um canal no YouTube, saiba que é através dos anúncios, bem parecido com os blogs.

Mas, ainda que essa seja a forma de monetização mais conhecida, saiba que essa não é a única forma de ganhar dinheiro com os canais no YouTube.

É possível monetizar o seu canal conquistando parcerias de outras marcas ou ainda se afiliar a algum produto e ganhar por comissão.

5. Venda de fotos

É verdade que atuar com vendas de fotos não é algo totalmente digital, haja vista que você deve se deslocar para tirar fotos de vários lugares.

No entanto, se você já trabalha com fotografia ou tem isso como um hobby, isso pode sim se tornar uma forma de ganhar dinheiro extra ao final do mês.

Afinal de contas, com as constantes atualizações em relação aos direitos de imagens, cada vez mais as empresas vêm enxergando a necessidade de ter fotos originais em suas propagandas.

E uma das formas de fazer isso é justamente comprando fotos através da internet. Então, um dos melhores empregos na internet é intermediar essas fotos.

Inclusive, é possível tanto cadastrar as suas fotos em sites de banco de imagem e vender para alguma empresa, por exemplo.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Lucas Ferraz

Consultor de marketing digital, especialista em SEO, aumento de tráfego e geração leads. Certificado pela Blue Array Academy e pela SEMRush.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse