sexta-feira, 1 de julho de 2022 - 01/07/2022 11:25:25
Revista Portal Útil

O conteúdo "Como o cartão de crédito funciona?" foi feito por Redação e distribuído por Revista Portal Útil na categoria Finanças em . Conteúdo atualizado em .


A vida moderna nos oferece mil e uma facilidades, seja nas metrópoles ou mesmo para quem mora mais afastado, uma prova disso é o cartão de crédito, algo que tem se popularizado bastante.

De fato, podemos recordar que uma ou duas gerações atrás os antigos tinham um grande preconceito contra pagar algo com crédito. Parece que era como dizer que você está gastando um dinheiro que não é seu, o que não confere com a realidade.

Seja para comprar uma casa em 30 anos, pagar um serviço de manutenção e reforma de piscinas em 3 vezes ou acertar um almoço à vista, em todos esses casos o dinheiro sairá, sim, do seu bolso e do seu trabalho, só que de modos diferentes.

Tanto que existe a função de pagar à vista no crédito, por outro lado, é mesmo verdade que precisamos ter cuidado com essa modalidade financeira, já que ela pode criar uma ilusão de que não estamos gastando tanto, por não pegarmos o dinheiro na mão.

Diante disto, se você quer entender melhor os prós e os contras do cartão de crédito ser utilizado nos dias de hoje, então basta seguir adiante na leitura.

Cartão de crédito visa prateado

O que este artigo aborda:

O que é o cartão de crédito?

Trata-se de um modalidade de pagamento em que o portador do cartão pode parcelar valores de produtos e serviços, geralmente com prazos de até 40 dias para quitação.

Ou seja, após consumir o bem que você queria, o estabelecimento já recebe os valores, e sua dívida passa a ser com o banco ou a instituição financeira.

Lembrando que há cartões de crédito jurídicos também, que uma empresa de reforma de sobrado pode utilizar para suas próprias finalidades. Geralmente, eles são bem maiores que os cartões de pessoa física, em termos de valores de crédito.

Também é digno de nota que todo cartão tem um limite de crédito, de modo que você só pode parcelar os bens que desejar até esse teto de valor pré-aprovado.

Por fim, hoje é possível conseguir um cartão de crédito de vários modos, e não apenas indo ao banco falar com seu gerente. Portanto, compensa pesquisar na internet as possibilidades.

As várias vantagens

Naturalmente, sem o cartão de crédito há uma série de produtos e serviços que você não conseguiria consumir naquele momento.

Deste modo, ele começa fazendo um bem pelas próprias lojas e pela economia do país, no sentido mais amplo de:

  • Aquecer o mercado;
  • Aumentar a produção;
  • Gerar empregos;
  • Estimular a concorrência;
  • Democratizar o consumo.

Tanto é assim que hoje uma empresa que faz conserto de freio a ar de caminhão deve receber muito mais pagamentos em crédito do que em débito.

Além disso, a vantagem se dá no sentido de que nós podemos não ter o valor em espécie para pagar por algo, mas não quer dizer que já não tenhamos a importância.

Isso quer dizer que se já sabe que vai ganhar um salário no fim do mês, essa importância já é sua, mesmo que nominalmente você ainda não tenha o valor.

Portanto, o cartão de crédito antecipa o consumo viável, também é bom no sentido de poder socorrer caso ocorram urgências, ou ainda no sentido de favorecer o aproveitamento de uma condição comercial que depois não se repetiria, como uma promoção arrasadora.

Por dentro dos contras

Apesar das várias vantagens, e do fato de que os cartões de crédito só são aprovados para maiores de idade e pessoas juridicamente responsáveis, também é preciso considerar que há alguns contras nessa modalidade financeira.

A começar pelo risco de endividamento prejudicial, ou seja, excessivo. Afinal, como vimos o cartão pode gerar uma ilusão de que não se está pagando por algo.

No caso de uma empresa da área de tapumes para construção civil, há todo um levantamento financeiro e um fluxo de caixa para evitar esse tipo de coisa.

Já um cartão de crédito de pessoa física pede mais cuidado, pois cada usuário é seu próprio gestor e precisa responder por si mesmo. Também há a questão da incidência de juros, coisa que o pagamento à vista nunca gera.

Por fim, é preciso considerar a instituição, pois algumas estimulam o crédito excessivo justamente para faturar mais nos juros, portanto, cuidado ao escolher.

Conclusão

Sendo assim, hoje em dia praticamente qualquer adulto pode ter um cartão de crédito, seja com o banco em que é correntista ou com outras instituições.

Por isso, é sempre importante considerar os prós e também os contras dessa modalidade financeira, como fizemos acima de modo detalhado.

Por fim, não deixe de conferir o nosso artigo sobre cartão de crédito consignado. Saiba tudo sobre essa modalidade de cartão que é bem parecida com o cartão de crédito.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

Quais as tendências para o setor de fintechs?

Quais as tendências para o setor de fintechs?

Por que a governança ESG está repercutindo no mundo dos negócios e nos mercados?

Por que a governança ESG está repercutindo no mundo dos negócios e nos mercados?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Afinal, o que são tokens?

Afinal, o que são tokens?

Blockchain América Latina: veja informações do ecossistema cripto

Blockchain América Latina: veja informações do ecossistema cripto

O que é PicPay e como funciona? Veja o guia completo

O que é PicPay e como funciona? Veja o guia completo