segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 12:59:04
Revista Portal Útil

Publicado por Diego Augusto em 07/12/2021 às 20:27.

Já ouviu falar que a cozinha não é lugar para crianças? Essa é uma frase muito comum em muitas casas pelo Brasil, já que é na cozinha que estão objetos pontudos e afiados, como facas, vidros e, além de tudo, fogo.

Porém, isso está começando a mudar: cada vez mais, as famílias têm buscado incluir as crianças na hora do preparo de refeições. Esse processo de colocar a mão na massa ajuda na hora de incluir novos alimentos no cardápio das crianças e também para ensiná-las a serem independentes.

Para ajudar com isso, as lojas têm investido cada vez mais em criar produtos para adaptar as crianças na cozinha, como utensílios, aventais e copos personalizados.  Porém, existem alguns cuidados necessários para se tomar antes de incluir as crianças na cozinha e tornar o hábito de frequentá-la algo comum para elas. Saiba quais são eles agora!

O que este artigo aborda:

Sempre supervise a criança na cozinha

Embora um dos objetivos em deixar as crianças fazerem parte do processo de preparo das refeições seja dar independência a elas, é muito importante que toda ida delas à cozinha seja supervisionada por um adulto.

Isso evita incidentes comuns na cozinha, como cortes e queimaduras. Além de supervisionar a criança, é importante sempre lembrá-la de que, quando ela quiser cozinhar, deve pedir a ajuda de um adulto.

Confira como deixar a cozinha segura e preparada para crianças

Ensine-a a usar roupas adequadas e a fazer a higiene correta

Compre aventais e luvas do tamanho que é usado pelos pequenos cozinheiros e instrua-os a sempre vesti-los quando estiverem na cozinha. E por que não comprar aventais iguais para você e para a criança? Assim, você evita que as roupas do dia a dia fiquem sujas com os alimentos que vocês estão preparando. 

Também instrua-os a sempre lavar bem as mãos e prender o cabelo antes de começar a cozinhar. Aproveite também para explicar a importância de lavar alimentos como vegetais e legumes.

Use utensílios de materiais que não quebrem

É tão comum lidarmos com vidros e cerâmicas quebradas quando estamos cozinhando que nos esquecemos que as crianças ainda não estão acostumadas com isso.

Por isso, quando for incluí-las na cozinha, substitua os tradicionais vidros, cerâmicas e utensílios feitos de materiais que quebram com facilidade por aqueles feitos com silicone, plástico e inox. Além de serem mais seguros, eles também oferecem mais opções de cores e estampas que podem divertir os pequenos.

Disponibilize maneiras para que elas alcancem a bancada

Dependendo da altura da criança, é difícil que ela consiga alcançar a bancada ou a pia. Por isso, para que ela ajude no preparo das refeições, é importante oferecer maneiras para que elas tenham acesso às estações de trabalho.

Banquinhos são os mais comuns para isso pois, além de serem fáceis de encontrar, eles são acessíveis financeiramente e podem ser usados para outras funções quando a criança tiver altura suficiente para não usá-los mais. Também é possível optar por mesas mais baixas, feitas especialmente para crianças, para usar de apoio na hora de preparar refeições.

Ensine sobre o uso de objetos pontiagudos e fogo

Fazer com que a criança tenha medo de mexer com facas, raladores e até mesmo com fogo não é uma boa maneira de introduzi-la ao universo da cozinha: isso pode criar bloqueios no futuro.

O melhor caminho para ensiná-las a lidar com esse tipo de material que pode causar acidentes é instruindo sobre elas. Alerte sobre a possibilidade de se machucar usando facas e fogão quando se está sozinho, explique o porquê disso e ensine-os a usar apenas com supervisão ou pedir para que um adulto faça essa parte do processo para eles.

Por via das dúvidas, sempre mantenha facas e outros objetos cortantes longe do alcance das crianças e sempre se certifique de que o fogão não oferece riscos para a criança.

Diego Augusto

Formado em Sistemas de Informação na Faculdade Pitágoras. Apaixonado por tecnologia e sempre antenado as novidades. Trabalho no mercado a mais de 10 anos como desenvolvedor Web. Sou especialista em desenvolvimento de sistemas e sites em arquitetura serverless.

1

Pode ser do seu interesse

Como escolher a piscina ideal para a sua residência

Como escolher a piscina ideal para a sua residência

Tendências de decoração para sua casa

Tendências de decoração para sua casa

As melhores ideias de decoração para casa de praia

As melhores ideias de decoração para casa de praia

O que é um transformador de força de alta tensão? o que é esse componente elétrico?

O que é um transformador de força de alta tensão? o que é esse componente elétrico?

4 dicas para decorar sua cozinha em 2022

4 dicas para decorar sua cozinha em 2022

Orçamento de obra: passo a passo para o orçamento perfeito!

Orçamento de obra: passo a passo para o orçamento perfeito!