Revista Portal Útil

Neste conteúdo, eu vou te explicar o que é o empreendedorismo feminino e ainda falarei sobre a importância dele. Mas, além de tudo isso, ainda te darei cinco dicas sensacionais para você conseguir montar um negócio de sucesso.

Contudo, antes da gente começar, não deixe de compartilhar este artigo em suas redes sociais e com as suas amigas que também querem saber o que é o empreendedorismo feminino.

Agora, vamos lá! 

O que este artigo aborda:

Mulher empreendedora
Mulher empreendedora
Pin It

O que é empreendedorismo feminino?

Primeiro de tudo, antes de irmos para as dicas para você conseguir montar um negócio de sucesso, eu acho muito importante te falar um pouco sobre o que é o empreendedorismo feminino – afinal, sem entender isso, não adianta partirmos para um conteúdo mais aprofundado. 

Pois bem, de uma forma super simples, o empreendedorismo feminino nada mais é do que o segmento do empreendedorismo liderado por mulheres. 

Então, podemos considerar que as mulheres que são empreendedoras compõem o empreendedorismo feminino. Ainda comentando sobre empreendedorismo, é importante que você entenda que empreender não é algo glamourizado como vemos por aí.

Hoje em dia, o conceito de empreendedorismo tem um certo glamour. Isso não é ruim, o que é ruim são as pessoas achando que apenas grandes empresários podem ser considerados como empreendedores.

Contudo, na prática, vemos que qualquer pessoa que tem a iniciativa de começar um negócio próprio pode e deve ser valorizado como um empreendedor.

Falando nisso, achamos relevante comentar um pouco sobre a importância do empreendedorismo feminino.  

Importância do empreendedorismo feminino

Hoje em dia, mesmo com tanta evolução no mercado de trabalho, vemos que, infelizmente, muitas mulheres não são incentivadas a começar a empreender. Isso é algo péssimo, afinal, seja homem ou mulher, todos aqueles que têm interesse no empreendedorismo devem ser incentivados. 

Partindo de forma mais específica para o empreendedorismo feminino, achamos importantíssimo que mais mulheres comecem a empreender.

Quanto maior o número de mulheres abrindo negócios, vemos que mais esse mercado crescerá e mais mulheres iniciarão no empreendedorismo. 

Sendo assim, ver que o empreendedorismo está crescendo é algo muito bacana. 

Como começar a empreender?

Um ponto que faz com que muitas pessoas não iniciem no empreendedorismo é a falta de conhecimento. Tendo isso em vista, é muito importante falarmos como você pode começar a empreender. 

Primeiro de tudo, antes de irmos realmente para as dicas de empreendedorismo, é importante que eu te passe alguns avisos relevantes.

O primeiro é que, como empreendedor, dificilmente você terá um salário mensal “reguladinho”, no mesmo valor e constante. 

É claro que, se o seu negócio estiver bem consolidado, você consegue sim tirar um salário bacana todos os meses. O grande ponto aqui é que, olhando para um negócio que está no início, é bem improvável que isso aconteça.

No começo da sua empresa, pode ser que ela nem dê lucro. Isso é normal. O que você precisa saber é que ser empreendedor é saber lidar com as inconstâncias a todo momento. 

Mas aí você pode estar pensando: “Mas, Isael, isso significa que eu ganharei menos dinheiro que um CLT?”

Não. 

Como empreendedor, você assume bem mais riscos que um CLT convencional, mas as suas possibilidades de ganho são absurdamente maiores. Isso é a magia do empreendedorismo. 

Portanto, saiba que, no seu dia a dia, você terá que lidar com riscos e incertezas – mas o potencial de ganho compensará isso. 

Mas, para te ajudar a iniciar um negócio com o “pé direito”, veja cinco dicas que reunimos para você: 

5 dicas para montar um negócio de sucesso

1. Planeje

Para as mulheres que estão querendo iniciar no empreendedorismo feminino, a primeira dica que gostaríamos de dar é em relação ao planejamento.

Hoje, perdemos as contas de quantas empresas abriram as portas sem antes montar um bom planejamento. Quando falo em planejamento, estou falando sobre uma visão de futuro para o seu negócio.

Você não pode abrir uma empresa apenas por abrir, achando que dará certo. Antes de iniciar o seu negócio, é importante que você saiba o mercado que irá atuar, o produto que irá vender, o preço do produto…

Mas, além disso, também é importantíssimo que você tenha uma noção precisa das finanças da sua empresa. 

Em relação a finanças, é importante que primeiro você tenha uma noção dos custos fixos do negócio. Hoje, muitos negócios quebram por não ter caixa suficiente para se manter em momentos de dificuldades. 

Então, como primeiro conselho, tente montar um caixa que faça com que a sua empresa fique segura financeiramente pelos próximos meses – caso algo dê errado.

Só de ter esse caixa, você já terá uma segurança excelente. Além disso, no início, tente ao máximo evitar gastos desnecessários – eles podem destruir o seu negócio. 

2. Estude o Mercado

Depois de ter uma noção precisa do caixa da sua empresa, é importantíssimo que você estude o mercado que vai atuar. Quando falamos em estudar o mercado, estamos nos referindo a ter uma visão geral do mercado como um todo.

Nesse caso, estude os seus concorrentes, as empresas que você se inspira, os preços que eles exercem… Tudo isso vai fazer com que você tenha uma noção de como está o setor em que você está inserido.

Desse modo, nessa questão de estudar o mercado, uma questão super positiva é trabalhar nele antes, caso seja possível. Assim, se você conseguir trabalhar em uma empresa que atua no setor que você pensa em empreender, melhor ainda. Falamos isso porque, de uma forma ou de outra, você vai conseguir aprender com um negócio já consolidado.

Se você gosta do mundo de make e moda, você pode, por exemplo, conhecer quais são os melhores cursos de maquiagem, fazer um treinamento e depois disso, ir atrás das primeiras clientes. À medida que for crescendo, você pode abrir um salão e recrutar novas maquiadoras para trabalharem para você.

Mas, se você não conseguir trabalhar em uma empresa do nicho, estude o máximo possível. 

3. Conheça o seu cliente

Depois de ter uma noção financeira e do mercado em que você atuará, não poderíamos deixar de comentar sobre o estudo do cliente. 

Principalmente para quem iniciará um negócio físico, é muito importante conhecer bem o cliente ideal e ver se há potenciais clientes em um raio próximo do espaço onde a sua loja ficará localizada. 

Para negócios físicos, é importantíssimo estudar bem sobre a localização para ver se ela é boa ou não. Já para os negócios digitais, o importante é olhar mais para o cliente ideal e ver como a sua loja alcançará-lo. 

4. Tenha bons fornecedores

Uma outra questão a ser analisada antes de iniciar o seu negócio, é importante também que você busque por bons fornecedores. 

Para negócios que venderão produtos, por exemplo, vemos que os fornecedores são como a base da empresa – sem bons fornecedores, você não terá acesso a bons produtos e, consequentemente, não terá vendas.

Portanto, foque ao máximo em encontrar bons fornecedores para que o seu negócio não fique sem produtos e tenha um estoque amplo. 

5. Trabalhe bem o marketing

Como último ponto para você entrar no empreendedorismo feminino da melhor forma, é essencial que você trabalhe bem o marketing.

Sem ter um marketing bem trabalhado, dificilmente você vai conseguir alcançar um bom público e fazer boas vendas. Portanto, foque no marketing, ele é um grande pilar do seu negócio.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse