Revista Portal Útil

Quer dicas de iluminação para cozinha pequena? Antes de mais nada, a iluminação de cozinha é um aspecto muito fundamental do projeto. Por isso, antes de iniciar a planejar o tipo ideal para a sua cozinha, confira dicas para acertar na sua escolha. 

Então, continue a leitura para conferir como planejar a iluminação, por exemplo, lustre para cozinha pequena. Confira! 

O que este artigo aborda:

Iluminação para cozinha pequena: 20 dicas
Iluminação para cozinha pequena: 20 dicas
Pin It

Como planejar a iluminação para cozinha pequena?

Em suma, é preciso definir o tipo de iluminação cozinha pequena. Assim, para quem busca praticidade, a melhor opção é a luz fria, que, além de ser mais econômica, facilita a rotina e deixa o ambiente mais iluminado.

Dessa maneira, a luz quente é indicada para quem deseja conforto e aconchego, como em cozinhas americanas ou ambientes utilizadas para refeições mais simples.

Distribua pontos de iluminação no ambiente

Sendo assim, os pontos de iluminação precisam ser distribuídos de maneira que toda a cozinha fique completamente iluminada. 

No geral, áreas como bancadas, pia e fogão precisam contar com uma iluminação mais forte. Por sua vez, uma luz mais fraca deve ser utilizada em áreas de circulação e alimentação, deixando assim o ambiente mais aconchegante.

Opte por mais de uma fonte de luz

Mais um dos principais erros de iluminação de cozinha é utilizar somente uma iluminação central em todo o ambiente, como pendente para cozinha pequena. 

Assim, ao apostar em um único ponto de luz, você corre o risco de deixar o ambiente muito cansativo por causa do brilho excessivo.

Uma vez que a luz direcionada para móveis e revestimentos valorizam a decoração e deixa o espaço ainda mais bonito.

Além disso, os pontos de luz embutidos auxiliam na hora de mexer com objetos e alimentos.

Aposte na iluminação natural para a cozinha

Antes de escolher qual será o tipo de iluminação artificial que você vai utilizar, entenda como a iluminação natural melhora o ambiente e faça bom proveito para o ambiente.

Dessa maneira, além de garantir mais economia, você ainda tem um ambiente mais arejado e também ventilado.

Escolha uma iluminação embutida

No geral, essa é uma excelente opção para quem deseja ter uma iluminação moderna e que, de quebra, também evita sombras.

Além disso, spots e luminárias embutidas são os modelos mais recomendados para esse uso.

Use trilhos de luz na cozinha

Outro ponto é que os trilhos de luz são ideias para quem quer ter um ambiente mais moderno e com aspecto de decoração industrial.

Assim, eles entregam uma iluminação mais direcionada e são colocados no teto da cozinha, podendo ter spots direcionados para várias direções.

Utilize spots de embutir para iluminação

Já os spots de embutir podem ser utilizados tanto no forro do teto, por exemplo, no armário, prateleiras, divisórias e ainda sobre as bancadas.

Isso porque esse tipo de iluminação para cozinha valoriza revestimentos diferentes, móveis e também objetos. É fundamental que a luz direcionada combine com a iluminação geral, para não fazer a sua vista cansada.

Portanto, os spots de embutir também auxiliam o morador a manusear os objetos de maneira mais rápida e segura.

Dessa maneira, dê preferência às lâmpadas duplas ou triplas que tenham tonalidade branca. Ou seja, esse tipo de iluminação de cozinha produz um clima mais moderno ao ambiente.

Diversifique usando fitas de LED

Por fim, as fitas de LED são uma excelente alternativa para iluminar bancadas, prateleiras e também armários. Além de ficarem visualmente bonitas, elas são funcionais, pois melhoram a iluminação de espaços com menor alcance.

Assim, a iluminação deve ser pensada para cada estilo de cozinha. Por isso, pense sobre a sua necessidade antes de optar pela solução ideal para o seu projeto de iluminação. 

20 dicas de iluminação para cozinha pequena

Confira a seguir várias maneiras de iluminar cozinhas, desde as menores até as mais amplas.

Assim, use o tipo de iluminação que mais se enquadra ao estilo do seu espaço:

  1. Destaque a iluminação usando pendentes. 
  2. Mais uma opção são as luminárias embutidas. 
  3. Já a iluminação varia segundo as necessidades do ambiente. 
  4. Luzes frias acentuam o ambiente. 
  5. Dessa maneira, luzes frias destacam os detalhes. 
  6. Esse tipo de luz fria é também mais econômica. 
  7. Por sua vez, luzes quentes possuem um apelo mais moderno. 
  8. Luzes quentes deixam o ambiente mais confortável e também aconchegante. 
  9. Enquanto pendentes deixam o espaço mais bonito. 
  10. Pendentes geram focos de iluminação. 
  11. Bem como as luminárias de trilho. 
  12. Assim como elas são lindas. 
  13. Auxiliam a distribuir a luz por toda a cozinha. 
  14. Além disso, recortes podem ser feitos direto no foro. 
  15. Defina bem qual vai ser a proposta de iluminação. 
  16. Spots e pendentes deixam o ambiente mais sofisticado. 
  17. Entenda que a iluminação pode ser combinada com outros modelos. 
  18. Luminárias pretas e cinzas dão um aspecto industrial ao ambiente. 
  19. Vale também apostar na iluminação indireta. 
  20. Por fim, você pode usar fitas de LED. 

Então, o que achou sobre as dicas de iluminação para cozinha pequena? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse