segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 02:16:32
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 11/11/2021 às 09:09.

Hoje em dia a concorrência é tão grande e os clientes são tão exigentes, que as empresas precisam encontrar diferenciais em cada detalhe da sua operação, é o caso da logística, por exemplo, que precisa evoluir para trazer vantagens ao negócio.

De fato, poucos empresários ou gestores costumam levar isso em conta, mas mudar alguns detalhes na logística, que faz a ponte entre um estágio que pode ir desde a fabricação até o despacho, é algo que acaba impactando diretamente na empresa como um todo.

Por exemplo, uma fábrica de produtos para tratamento de pisos, que pode agilizar esses processos diários e conseguir otimizar a produção, diminuir os gastos gerais e agilizar as etapas, o que vai diminuir o valor do produto e agradar mais o cliente.

Portanto, um simples detalhe operacional pode iniciar uma cadeia de transformações, de modo que mesmo sendo uma mudança interna, isso pode chegar ao ponto de impactar na clientela, nas vendas e até no fortalecimento da marca, no médio e longo prazo.

Por isso, vamos aprofundar este tema aqui, com informações de qualidade e dicas práticas. 

O que faz um profissional de logística?

Portanto, se você quer entender de uma vez por todas como algumas mudanças simples podem revolucionar sua empresa, basta seguir com a gente até o fim.

O que este artigo aborda:

Qual o papel do profissional?

Ao falar sobre o papel do profissional da área de logística, precisamos deixar claro que não se trata apenas de um cargo operacional, limitado a esforços braçais.

Na verdade, esse profissional precisa ser capaz de ver os processos da empresa com uma ótica bastante diferenciada, perto do que hoje se chama de visão holística.

Em outras palavras, ele não pode ter apenas a visão micro, mas também a macro. 

Como uma fábrica de produtos de limpeza de carpetes, onde é preciso considerar fatores que vão desde o abastecimento de matéria-prima e insumos, até a produção diária.

Isso pode incluir as seguintes frentes:

  • Controle de estoque;
  • Almoxarifado e armazenamento;
  • Compra de itens e insumos;
  • Verificação no ato da entrega;
  • Centro de distribuição interna;
  • Transporte de produtos finais;
  • Conferência de eventual shelf life.

Lembrando que neste último caso, por exemplo, depende muito do segmento em questão, já que shelf life (validade) só costuma ocorrer na parte de alimentação, medicação e afins.

Seja como for, o preceito de que o profissional da logística precisa ter uma visão macro e racionalizar os processos internos é um consenso universal, que independe de nicho.

A importância nas empresas

Já vimos que hoje toda empresa precisa ter diferenciais se quiser sobreviver em um mercado cuja concorrência cresce a cada dia, junto com a exigência dos clientes.

Assim, há vários fatores que merecem análise mais detida, como o da economia. 

No fundo, a boa logística não apenas evita que algum item eventualmente se perca, ou otimiza o processo trazendo custos menores, como impacta até no espaço físico.

Portanto, se a empresa faz coleta de resíduos, ela vai ter maiores condições de destinar esses resíduos de modo mais prático, além de poder contar com mais maquinário em um espaço menor, livrando-se de aluguéis maiores que viriam à toa.

Além de equilibrar custos e desperdícios, ou mesmo oferta e demanda, isso também aponta para uma realidade mais sustentável e mais ecologicamente correta.

Lembrando que isso tem um fator ético importante, mas também de marketing verde, que torna a empresa dona de uma marca mais querida pelo público.

Como destacar-se na área?

Além da ótica das empresas e do profissional da logística como um colaborador que traz melhorias para uma corporação, também podemos falar do seu papel perante o mercado de trabalho.

Além das aptidões imediatas e da visão global de que já falamos, há alguns aspectos mais importantes a se levar em conta, sobretudo para quem queira se destacar nesse segmento. 

Por exemplo, ao desenvolver as famosas soft skills.Trata-se daquelas habilidades sutis que tornam um profissional único, como alguém que faz manutenção predial, cujo domínio de certas ferramentas é básico, mas pode ir muito além.

Comecemos falando da liderança e da comunicação, se o profissional da logística tiver essas habilidades, conseguirá juntar as pontas soltas não apenas em termos de processo, mas também em relação a outros profissionais e até outras equipes.

Não parar de estudar, integrar a sustentabilidade e pensar sempre nas inovações tecnológicas são outros traços que podem fazer a diferença.

Conclusão

Enfim, a logística é uma dimensão fundamental de qualquer empresa, que apesar de ser um fator interno, mexe até mesmo com a imagem da marca.

Assim, com as dicas e informações que trouxemos aqui, ficará mais fácil e mais seguro mergulhar de cabeça nesse universo incrível, tirando dele os melhores proveitos.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

BIG DATA: Conheça as oportunidades para sua carreira

BIG DATA: Conheça as oportunidades para sua carreira

Melhore suas chances de conseguir um emprego com um curso de informática

Melhore suas chances de conseguir um emprego com um curso de informática

4 dicas para acabar com a sua procrastinação

4 dicas para acabar com a sua procrastinação

O que é preciso para ser operador de empilhadeira?

O que é preciso para ser operador de empilhadeira?

Transição de carreira: saiba como atualizar seu Linkedin

Transição de carreira: saiba como atualizar seu Linkedin

Como virar um profissional de SEO?

Como virar um profissional de SEO?