segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 05:34:55
Revista Portal Útil

Publicado por Marcela Ferreira em 10/05/2022 às 21:33.

Dispensers ajudam a reduzir desperdício e a manter a ordem; quem tem mictórios também deveria investir em acessórios para controlar o odor; veja outros produtos indicados para o banheiro da sua empresa.

Quem gerencia qualquer empresa sabe que manter o banheiro sempre em condições de garantir o conforto dos seus funcionários e causar uma boa impressão nos clientes pode ser um desafio. A manutenção precisa ser constante e não estamos falando apenas da limpeza.

É preciso assegurar que não falte papel higiênico, sabonete, toalha para secar as mãos e outros itens que facilitem os cuidados pessoais de quem vai usar o seu sanitário e também o trabalho de quem vai mantê-lo limpo.

Nunca pensou sobre isso? Fizemos uma lista com os melhores investimentos em itens complementares que vão deixar o ambiente mais agradável e higiênico.

O que este artigo aborda:

Dispensers para banheiro

Os dispensers são acessórios de primeira necessidade para banheiros de empresas, independentemente de seu tamanho. Eles ajudam a manter o suprimento dos itens de primeira necessidade e ainda evitam o desperdício. Também fazem com que o ambiente fique mais organizado, evitando que o papel se espalhe, por exemplo.

Banheiro: 7 itens complementares de higiene para sua empresas

Existe um dispenser adequado para cada item que você vai disponibilizar no seu banheiro: papel higiênico, papel-toalha, sabonete, protetor sanitário, saquinhos para descarte de absorvente, fio dental, etc. Aliás, se o seu objetivo é que o banheiro te ajude a conquistar os clientes, por exemplo, quanto mais itens, melhor.

Protetor sanitário

Disponibilizar esses papéis para forrar o vaso é uma forma de garantir o conforto de quem vai utilizar um sanitário que é usado por muitas pessoas. Esse também é um jeito de prezar pela saúde de seus funcionários e clientes e, por conta da pandemia, se tornou um item ainda mais essencial.

Sabonete líquido para o banheiro

Sabonetes em barra não são boas opções para ambientes compartilhados, já que todo mundo teria que encostar diretamente no produto. O ideal é disponibilizar um sabonete líquido em um dispenser adequado para evitar o desperdício. Para empresas grandes, a dica para gerar menos lixo é comprar um pote maior e repor periodicamente.

Tela neutralizadora de odores

Os mictórios são muito práticos, especialmente para ambientes com grande circulação de pessoas, mas evitar o mau cheiro da urina é fundamental. Você pode fazer isso limpando-os frequentemente, mas um dos melhores jeitos mais práticos   é instalando uma tela neutralizadora de odores.

O refil da tela precisa ser trocado, mas pode durar até 12 semanas, o que garante que o seu banheiro fique livre dos cheiros desagradáveis sem que seja necessário gastar muito.

Tapete para mictórios

Outro problema comum nos mictórios é que os respingos de urina acabam caindo no chão, o que também pode deixar o seu banheiro com mau odor e até causar acidentes, como algum escorregão, por exemplo. Os tapetes próprios para mictórios são boas soluções, pois se encaixam perfeitamente na base.

Alguns modelos de tapete para mictórios têm ainda outra vantagem: um sistema de furos anti respingos, que ajuda a evitar entupimentos no encanamento, já que impede que detritos passem para ele.

Secador de mão elétrico

Disponibilizar secadores de mão elétricos é uma ótima maneira de diminuir o seu consumo de papel toalha, o que também significa que o seu banheiro vai gerar menos lixo. Eles são ecológicos e não costumam gastar muita energia. Em geral, o gasto com o aparelho é logo compensado pela economia em papel.

Álcool em gel

A pandemia fez com que o álcool em gel virasse item de primeira necessidade nos ambientes compartilhados. O hábito, inclusive, deve ser mantido mesmo depois que a Covid-19 não for mais uma questão de saúde pública, afinal, a boa higiene das mãos previne uma série de outras doenças.

Disponibilizar álcool no seu banheiro é útil para higienizar diversos objetos e ainda garante uma boa finalização na higiene das mãos, após a pessoa tocar nos dispensers, por exemplo. O ideal, inclusive, é que ele também fique em um dispenser.

Marcela Ferreira

Enfermeira pós graduada com especialização em traumas, urgência e emergência. 12 anos de experiência na área de saúde mental na rede SUS do município de Belo Horizonte. Atuo com criança, adolescentes, adultos e usuários de múltiplas drogas.

1

Pode ser do seu interesse

Clínica compulsória e internação involuntária: Quais as diferenças?

Clínica compulsória e internação involuntária: Quais as diferenças?

4 dicas para um sorriso bonito e saudável

4 dicas para um sorriso bonito e saudável

Estar feliz o tempo todo. É possível?

Estar feliz o tempo todo. É possível?

O que as empresas estão fazendo para retornarem aos escritórios com segurança?

O que as empresas estão fazendo para retornarem aos escritórios com segurança?

Tatuagem e ressonância magnética: existem riscos?

Tatuagem e ressonância magnética: existem riscos?

Seguro de saúde para crianças: como escolher?

Seguro de saúde para crianças: como escolher?