Revista Portal Útil

Se você é um apaixonado por carros antigos, certamente já ouviu falar sobre a baixa automática no licenciamento.

Essa medida, estabelecida pelo Contran, visa manter atualizado o registro nacional de veículos e traz algumas particularidades quando aplicada aos veículos clássicos. 

Neste artigo, vamos abordar como funciona a baixa automática no licenciamento de carros antigos, destacando os requisitos, o processo e suas implicações.

O que este artigo aborda:

Como funciona o licenciamento de carros antigos?
Como funciona o licenciamento de carros antigos?
Pin It

Licenciamento de carros antigos e a baixa automática

O licenciamento de carros antigos é um aspecto crucial para a sua regularização e documentação.

No entanto, é importante destacar que veículos com mais de 25 anos de fabricação possuem regras diferenciadas em relação ao licenciamento – a baixa automática é uma delas.

A aedida estabelecida pelo contran para veículos antigos

A medida estabelecida pelo Contran determina que veículos antigos, sem licenciamento há mais de 10 anos, podem ser enquadrados como “frota desativada”.

Isso significa que, mesmo estando fora de circulação, esses veículos devem ser registrados como tal, e não poderão ser regularizados posteriormente.

Por fim, é importante ressaltar que essa baixa automática é aplicada independentemente do estado de conservação do veículo.

Requisitos para Inclusão na “Frota Desativada”

Para que um carro antigo seja incluído na “frota desativada”, ele precisa atender a dois requisitos fundamentais.

Primeiro, o veículo deve ter mais de 25 anos de fabricação, garantindo que se enquadre na categoria de carros antigos.

Além disso, é necessário que o licenciamento esteja atrasado há pelo menos 10 anos, demonstrando a falta de interesse do proprietário em regularizar o veículo.

O Processo de Baixa Automática no Licenciamento

A baixa automática no licenciamento é um processo conduzido pelos Detrans estaduais.

Esses órgãos são responsáveis por notificar os proprietários com antecedência, geralmente 60 dias antes do término do prazo de 5 anos de inclusão do veículo na “frota desativada”.

A notificação pode ser feita por meio de correspondência física ou pelo aplicativo do Sistema de Notificações Eletrônicas (SNE). Após a notificação, os proprietários têm mais 60 dias para regularizar o veículo, quitando as dívidas pendentes.

Penalidades por Falha na Regularização

Caso não haja regularização dentro do prazo estipulado, uma nova notificação será realizada. Dessa vez, a publicação será feita na imprensa oficial.

A partir dessa última publicação, os proprietários terão um prazo adicional de 30 dias para realizar a regularização. Se nenhuma resposta for apresentada, o veículo será “baixado” definitivamente do registro nacional.

É fundamental que os proprietários estejam atentos às notificações dos Detrans e cumpram os prazos estabelecidos para a regularização.

O cidadão que for flagrado com um veículo irregular pagará multa de R$ 293,47 e terá o veículo apreendido, além de receber 7 pontos na CNH por infração gravíssima.

Conclusão

Portanto, se você possui um carro antigo e está preocupado com o licenciamento, é essencial conhecer as regras específicas para veículos de coleção.

Se você está com o licenciamento atrasado, é importante regularizar os débitos e deixar tudo em ordem para realizar em dia o licenciamento 2024

Em caso de dúvidas, vale consultar um despachante especializado nesse tipo de documentação para obter todas as informações necessárias e garantir a regularização correta do seu automóvel clássico.

Aproveite essa oportunidade para desfrutar da paixão por carros antigos de forma legal e segura.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse