Revista Portal Útil

Morar com idosos é sempre uma fase curiosa. Adoramos a presença deles nas nossas vidas, ouvimos histórias, aprendemos coisas, e temos sempre papos muito divertidos que vamos levar para a vida toda, mas, ao mesmo tempo, temos que cuidar para que suas necessidades sejam supridas.

Nada mais justo, pois a pessoa que está na melhor idade já fez isso por alguém, e é a vez dela ter alguém que a ajude, mas, como você não está acostumado a lidar com esse tipo de situação, precisa aprender rápido.

Existem coisas simples dentro de uma casa que podem ser perigosas, causar acidentes, e ninguém quer que o idoso sofra um acidente em casa. Quando falamos de acidentes com idosos, a primeira coisa que pensamos é em uma queda.

Quem nunca ouviu falar de um parente ou vizinho idoso que caiu e se machucou gravemente. Na terceira idade os ossos vão ficando um pouco mais frágeis, o que torna mais difícil uma recuperação ou mesmo resistir a machucados feios em uma queda. 

Por isso, é muito importante que você faça adaptações na casa para que ela seja adequada para um idoso morar, reduzindo riscos de acidentes. Caso você não saiba como fazer isso, nós estamos aqui para ajudá-lo.  

Hoje vamos dar as melhores dicas de como prevenir acidentes em casa, para que o idoso possa viver uma vida tranquila e mais segura em seu lar. 

O que este artigo aborda:

Como prevenir acidentes com idosos: 4 dicas
Como prevenir acidentes com idosos: 4 dicas
Pin It

1. Cuidado com toda superfície lisa

Como dissemos, o maior problema dos idosos sem dúvida é a queda. Pode acontecer de  quebrar a bacia, um dano enorme e de difícil recuperação, portanto,  você precisa tomar cuidado. Uma boa tática é limpar o chão sem usar muitos produtos.

Ao limpar o chão com certos produtos poderá deixá-los escorregadios, principalmente quando estamos falando de pisos. Tente limpar com produtos que não deixem o piso liso e escorregadio. Mas, além disso, você pode também usar tapetes que são antiaderentes, já que eles ficam firmes no chão e sua superfície não deixa que os pés escorreguem. 

Eles são especialmente recomendados para quem tem muito piso em casa e são perfeitos para evitar acidentes. Portanto, evite tapetes muito leves, pois eles podem até aumentar as chances de acidente por deslizarem facilmente no chão.  

Também é sempre recomendado deixar o idoso com calçados que não escorreram, como alguns tipos de chinelo, sandálias, tênis skechers, etc. 

2. Tenha uma casa bem iluminada

Os idosos precisam levantar para ir ao banheiro durante a noite e, se não tiver uma boa iluminação, os riscos de acidente são grandes. Bater a perna em algum móvel, por exemplo, pode provocar cortes, e nessa idade a cicatrização é mais lenta. Então, o ideal é que todo cômodo seja extremamente bem iluminado com luzes frias e fortes.

Mais do que isso, os interruptores precisam ficar em lugares de fácil acesso para que a pessoa não precise ficar procurando e nem se esforçando para acender ou apagar a luz. De preferência, deixar algumas luzes acesas à noite, como a luz de um corredor, que é por onde o idoso vai passar primeiro. 

3. Banheiro adaptado

No que diz respeito ao banheiro, sabemos que ele é o maior perigo para queda em uma casa, isso para qualquer um, apenas reforçando que para um idoso, o perigo aumenta. Por isso, é ideal que você tenha um banheiro que possa ser usado com menos perigo.

Um bom exemplo de segurança no banheiro é ter apoios para as mãos, lugares para que eles possam se segurar quando acharem necessário. O ideal é deixar um perto do vaso e outro dentro do box do banheiro a fim de facilitar na hora do banho.

Além disso, você pode colocar tapetes antiderrapantes próprios para banho no box também, assim evita que o chão fique liso demais pela água e também pela espuma do banho. Esses tapetes são fáceis de serem encontrados e evitam acidentes dentro do box. 

Essas pequenas alterações podem surtir grandes efeitos na vida dos nossos velhinhos.

4. Organize bem a logística de onde tudo fica guardado

Por fim, é uma boa ideia organizar bem onde você deixa guardado coisas que o idoso vai ter que pegar com frequência. Por exemplo, evite deixar objetos nos armários de baixo, onde o idoso tem que se agachar para pegá-los.

Além de fazer mal para as suas costas, ele ainda terá o problema de se levantar rápido, o que pode gerar uma queda de pressão, tontura e uma possível queda do  idoso. Deixe tudo onde ele possa alcançar facilmente, sem precisar se esticar demais ou se encolher demais. 

Em resumo, ter uma casa adaptada para um idoso pode dar um pouco de trabalho no início, mas assim que a casa estiver pronta e toda adaptada, você vai poder ficar com a consciência tranquila e sem se preocupar com possíveis acidentes.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse