Revista Portal Útil

Quem nunca sonhou em ter o próprio negócio, não é mesmo? Eu não posso te culpar. As vantagens, são óbvias. Você pode ser seu próprio chefe, definir seus próprios horários e trabalhar com aquilo que gosta.

Muitas pessoas têm essa ambição, mas apesar disso, ela continua sendo apenas um sonho para muitos por conta da dificuldade de financiamento.

Para ser justo, essa é uma preocupação válida. Afinal, custa dinheiro iniciar um negócio. E, se você já estiver com um orçamento limitado, isso pode complicar ainda mais as coisas.

Ainda assim, há esperança para você. Um modelo de negócio pode ser iniciado com pouquíssimo dinheiro, ou até mesmo sem gastar nada. Desde que você pense estrategicamente e utilize recursos disponíveis.

O que este artigo aborda:

Como iniciar um negócio com pouco dinheiro? 7 dicas
Como iniciar um negócio com pouco dinheiro? 7 dicas
Pin It

1. Aproveite o que você tem

Digamos que você ama pizza. Quem não ama né? Mas você é um fã daqueles que deseja ter sua própria pizzaria.

Mesmo que você realmente saiba como fazer uma pizza de dar água na boca para a qual as pessoas fariam fila para comprar, você precisa ter um capital elevado para tirar sua pizzaria do papel.

Além de um local físico, você precisa de equipamentos essenciais, como fornos, entre outras coisas. Simplesmente seguir a rota do caminhão de comida também custaria uma bela grana. 

Uma opção viável seria pegar sua paixão e conhecimentos e compartilhá-los com outras pessoas por meio de um blog que ensine as pessoas algum assunto específico que você domina.

Você pode ensinar qualquer coisa, desde como adestrar um cachorro ou fazer bolos para festa de casamento. Ou quem sabe como investir na bolsa de valores para iniciantes.

Acredite ou não, você pode configurar seu próprio blog via Blogger ou Médium sem pagar nada por isso.

Isso é apenas uma maneira longa de dizer que, ao iniciar um novo negócio, considere o que você tem ao seu alcance.

  • Que habilidades você possui atualmente?
  • Você tem alguma experiência passada?
  • Em quais áreas você tem conhecimento?
  • Identifique seus relacionamentos com outras pessoas, mapeie sua rede de contatos e considere como suas conexões podem ajudá-lo a usar o que você tem a seu favor.
  • Quais são seus recursos e o que você pode acessar?

Documente suas descobertas para fazer um balanço do que já tem e como isso pode te ajudar.

2. Concentre-se em negócios que exigem pouco capital inicial

Depois de considerar o que você tem à sua disposição, existem ideias de negócios de baixo custo que correspondam a ela? 

Novamente, se você é um aficionado por pizza, então começar um blog é uma ideia de negócio óbvia que requer pouco capital inicial.

Na verdade, o número de negócios que você pode iniciar hoje requer pouco ou nenhum dinheiro inicialmente. Particularmente, negócios baseados em serviços.

Um negócio baseado em serviços é aquele em que você vende serviços como seu produto principal. Devido ao fato de que você não estará vendendo produtos, você não precisará de estoque, uma loja para fabricar as mercadorias ou um armazém para armazená-las.

Quase qualquer empresa de serviços pode ser iniciada com um orçamento apertado. Os negócios online, especialmente, são adequados para isso.

Muitas vezes, você não precisa de nada mais do que um computador, uma conexão com a Internet e seu tempo. As sugestões mais viáveis seriam consultoria, freelancer ou dropshipping.

Também existem ideias offline, como passear com o cachorro ou ser um anfitrião do Airbnb.

3. Avalie sua ideia

Você provavelmente colocará dinheiro em sua ideia eventualmente, mesmo que esteja reinvestindo os lucros.

Antes de investir dinheiro em seu negócio, certifique-se de validar sua ideia dentro de seu círculo confiável. Às vezes, achamos que temos uma ótima ideia, mas quando a explicamos ou a apresentamos a outras pessoas, geralmente percebemos que o conceito pode ser difícil de vender.

É importante garantir que sua ideia valerá seu tempo investido e ainda será capaz de gerar lucro, apesar dos baixos custos de inicialização.

4. Calcule as despesas essenciais do negócio

É sempre uma boa ideia calcular seus custos esperados antes de iniciar um negócio, mesmo que você não pretenda gastar dinheiro. Isso estabelecerá uma meta de economia para que você tenha dinheiro suficiente para começar .

O Shopify estima que iniciar um negócio com zero funcionários normalmente custa US $18.000, enquanto até quatro funcionários normalmente gastam US $60.000 durante o primeiro ano de operação.

Agora, se você está iniciando um negócio online ou baseado em serviços, pode reduzir drasticamente essas despesas.

Independentemente disso, em alguns, você terá que investir em seu negócio. Portanto, não é uma má ideia começar com suas economias.

5. Não desista do seu trabalho de carteira assinada (ainda)

É legal ter uma grande ideia e ainda mais legal torná-la uma realidade. Mas, sejamos realistas, ideias não colocam comida na mesa.

Raramente é uma boa ideia largar seu emprego e começar um negócio que não foi testado. Além disso, suas chances de sucesso são melhores se você permanecer empregado em seu trabalho diário.

À medida que você começa e constrói seu negócio, será mais fácil para você correr riscos se tiver uma renda estável. Embora isso possa ser difícil no início, ajudará você a escalar seus negócios mais rapidamente. Além disso, isso lhe dá a liberdade de buscar novas oportunidades.

Você também pode investir e expandir seus negócios mais rapidamente com sua renda mensal e ainda achará a transição de funcionário para proprietário de empresa muito mais fácil quando sua empresa começar a prosperar. 

Em outras palavras, você deve construir uma base sólida se espera alcançar o sucesso a longo prazo.

6. Invista apenas no que você pode perder

Uma regra de ouro dos investimentos é nunca investir dinheiro que você não pode perder. 

Isso definitivamente também se aplica a iniciar um negócio. Você pode manter a flexibilidade nos negócios investindo apenas o que pode perder e ainda reduz o estresse e evita exageros. 

7. Ponha a mão na massa!

Quem mais vai investir tanto tempo, energia e recursos em seu negócio quanto você? Ninguém.

Com isso em mente, você terá que dedicar tempo e esforço como proprietário de uma empresa. Além do mais, você também terá que suar bastante a camisa até poder contratar freelancers ou funcionários para te ajudar nas tarefas.

Faça tudo que estiver ao seu alcance para construir uma base sólida para o seu novo negócio. Aprenda novas habilidades, faça networking, escreva postagens em blogs, crie e engaje seu público nas mídias sociais ou participe de feiras de empreendedorismo perto de você.

Você também comete erros quando está nas trincheiras. Na verdade, cometer erros é um elemento importante na criação de um novo negócio. Cometer erros é a melhor maneira de descobrir o que funciona e o que não funciona para você ou sua empresa.

Ter todas as bases estabelecidas de antemão também tornará a integração de novos funcionários mais conveniente. Devido à sua experiência em primeira mão do que é necessário para ter sucesso em seu negócio, você poderá orientar seus funcionários para o sucesso.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse