segunda-feira, 16 de maio de 2022 - 16/05/2022 10:00:06
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 06/01/2022 às 14:11.

Em primeiro lugar, entenderemos o que é de fato o fundo de garantia. Se você é um trabalhador que teve demissão sem justa causa, é muito provável que tenha conhecimento do seu direito de retirada.

O que este artigo aborda:

Mas afinal, o que é o FGTS?

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é uma reserva do empregador para com o empregado cujo objetivo visa protegê-lo caso tenha uma demissão sem justa causa. Esse reserva tem aplicação a partir da criação de uma conta conjuntamente ao contrato de admissão.

Todo trabalhador do Brasil que possui contrato formal de trabalho tem direito a receber o FGTS em caso de demissão sem justa causa.

Como faço para sacar o FGTS

Agora que você já sabe o que é o fundo de garantia e se também se enquadra nas condições de acesso, você pode verificar conosco as formas de saque do FGTS e optar por aquela que seja mais viável para você.

Assim, confira conosco agora como fazer seu saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Como retirar o fundo de garantia?

Veja as modalidades de saque do FGTS

Antes de saber como sacar o FGTS precisamos entender as modalidades de cada saque.

Saque-aniversário do FGTS

O saque-aniversário é uma das formas mais comuns e mais preferidas de sacar o seu montante do FGTS.

Essa forma de saque funciona da seguinte maneira: ela permite, então, que o indivíduo saque todo ano no mês de seu aniversário uma parte que corresponde ao seu dinheiro em conta.

No entanto, para que a pessoa tenha acesso a essa modalidade, ela precisa primeiro realizar uma mudança em sua modalidade de saque do FGTS, essa que vem por padrão forma de Saque Rescisão (entenderemos essa maneira adiante).

Contudo, a mudança da modalidade de saque pode ser realizada pelo próprio celular, no (app) oficial do FGTS ou até mesmo de maneira presencial em uma agência da caixa econômica federal.

Características do saque-aniversário

Umas das características dessa forma de saque é que, a pessoa não consegue sacar todo o valor de uma vez.

Após fazer a opção por essa forma, será possível o saque de somente uma porcentagem do benefício por ano. Essa porcentagem varia de acordo com a quantidade de dinheiro que a pessoa tem acesso.

Também é adicionado uma parcela adicional, cujo valor também varia de acordo com a quantidade de dinheiro que a pessoa tem em conta.

A porcentagem de saque anual é inversamente proporcional à quantia de dinheiro em conta, isto é, quanto menos dinheiro em conta, maior é a porcentagem prevista para saque no ano.

A tabela com as porcentagens previstas para saque pode ser consultada no site oficial da Caixa.

Modo de Saque Rescisório do FGTS

Essa é a forma tradicional de saque do FGTS, que vem por padrão e é liberado no momento de demissão por justa causa.

Diferentemente do que ocorre com a modalidade de saque-aniversário, o saque de rescisão é liberado todo de uma só vez. Há também a presença de algumas multas rescisórias de maneira conjunta com o valor liberado.

Como realizar o saque do fundo de garantia?

Além desses dois modos de saques existentes (saque-aniversário e modo de saque de rescisão), há também diferentes formas de ter acesso a eles. Confira agora:

Saque de maneira presencial

Essa é a forma mais “primitiva” de realizar o saque do FGTS. Pode ser sacado em uma agência da caixa econômica ou numa lotérica.

No entanto, para essa forma de saque é preciso que a pessoa tenha em mãos no ponto de saque o Cartão Cidadão e um documento de identificação com foto.

Dessa forma, com esses itens, o indivíduo pode de maneira simples realizar o saque. No entanto, é comum, principalmente quando o saque-aniversário tem autorização da Caixa, a presença de grande número de pessoas no ponto de saque do benefício.

Resgate do benefício por meio do aplicativo do FGTS

Se você quer evitar grandes filas em bancos e lotéricas, você pode optar pela forma digital de saque, muito mais rápida e simples.

Basta você instalar o aplicativo oficial do FGTS na loja de aplicativos do seu celular.

Cadastre suas informações. O aplicativo irá te pedir fotos de seus documentos e outras informações pessoais.

Depois da configuração do aplicativo pronta, você pode conferir o valor com acesso, mudar a modalidade de saque e também realizar o saque.

No aplicativo do FGTS você pode cadastrar uma conta de qualquer banco que você utiliza (até mesmo bancos digitais). Após cadastrar uma conta do banco, o dinheiro do saque é de forma automática transferido para ela.

Assim, essa é uma forma muito mais simples e rápida de saque e poupa muito tempo, não é verdade?

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

O que devo saber antes de investir na previdência privada?

O que devo saber antes de investir na previdência privada?

Quais as tendências para o setor de fintechs?

Quais as tendências para o setor de fintechs?

Como cuidar das finanças com o excel? Veja algumas formas

Como cuidar das finanças com o excel? Veja algumas formas

Como funciona o refinanciamento imobiliário?

Como funciona o refinanciamento imobiliário?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Por que as empresas devem prestar atenção na saúde financeira dos seus colaboradores?

Como se organizar para pegar um empréstimo?

Como se organizar para pegar um empréstimo?