terça-feira, 17 de maio de 2022 - 17/05/2022 05:35:03
Revista Portal Útil

Publicado por Redação em 07/06/2021 às 11:28.

Quem acredita que uma empresa deve usar conceitos de Marketing apenas para entender e satisfazer o mercado, está bastante enganado e pode sofrer prejuízos, tanto na imagem da companhia, quanto na qualidade do produto entregue.

Pois, a comunicação interna e o endomarketing são estratégias usadas pelas organizações tendo como público-alvo os seus colaboradores e, são ações importantes que contribuem muito com o sucesso de uma empresa.

Outro engano bastante comum, é o de que esses dois termos são sinônimos. Apesar de serem complementos um do outro e terem como alvo o mesmo público, possuem mecanismos e objetivos diferentes.

E para que o endomarketing e a comunicação interna sejam aplicadas como estratégias eficientes, é imprescindível entender as suas diferenças e particularidades e saber como utilizar cada método.

Continue sua leitura para entender melhor o conceito de endomarketing e no que essa ação se diferencia da comunicação interna, além de conhecer alguns exemplos das duas estratégias.

Entenda a diferença entre endomarketing e comunicação interna

Boa leitura!

O que este artigo aborda:

Conceito de endomarketing

De origem grega, “Endo” é um recurso gramatical que significa “dentro”, “interno”, logo, endomarketing é um termo que corresponde às ações de marketing realizadas por uma empresa internamente com foco em seus funcionários.

Apesar de o maior nome do marketing, Philip Kotler, já falar sobre a importância do marketing interno tempos antes, foi Saul Bekin, um professor brasileiro, que criou e ajudou a difundir o termo através do seu livro “Conversando sobre Endomarketing”, na década de 90.

Desde então, essa prática reconhece a importância do capital humano e tem visado fidelizar e tornar mais engajado o time de colaboradores dentro das empresas.

A sua premissa é a de fazer com que esses funcionários sejam tratados como clientes através de ações pensadas no perfil de cada um. Assim, eles se sentem parte importante da empresa e ficam motivados para seguir produzindo bons resultados.

Estratégias como exemplos de endomarketing

As ações de endomarketing podem ser as mais variadas possíveis e cabe ao RH estudar e identificar quais são as melhores de acordo com o perfil dos seus colaboradores.

A seguir, listamos algumas estratégias comuns entre as empresas que já reconheceram o poder do endomarketing como aliado:

  • Política de reconhecimento – esse tipo de estratégia se baseia no desempenho dos colaboradores e tem o potencial de estimular uma concorrência sadia entre eles. Bonificações em forma de dinheiro, prêmios, folgas, viagens, entre outros, são recompensas que fortalecem o interesse do profissional em se dedicar mais e trazer melhores resultados;
  • Intranet – essa estratégia diz respeito a um espaço digital criado para que profissionais possam interagir e compartilhar suas ideias. Esse tipo de estratégia otimiza a integração entre os funcionários, aproxima gestores e equipe e promove um ambiente de colaboração mútua;
  • Treinamentos e cursos – essa é uma estratégia essencial para o objetivo de fazer um funcionário se sentir valorizado. Quando a empresa oferece treinamentos e cursos, ela está investindo no crescimento profissional e pessoal do colaborador, estimulando o seu desenvolvimento dentro do ambiente de trabalho;
  • Espaços colaborativos – a criação de espaços destinados para lazer e descanso, que possibilitem uma dinâmica de grupo e alguma recreação, fortalece laços entre os trabalhadores.

A realização de palestras, workshops ou outros eventos que tenham o intuito de fazer com que as equipes interajam entre si, também tem o poder de estimular os funcionários e os fazem valorizar os conhecimentos específicos que cada um possui.

Comunicação interna – qual a diferença?

A comunicação interna se encarrega de estratégias que têm como base a informação. Geralmente de caráter institucional, na prática, esse conceito visa deixar todos os funcionários cientes quanto aos acontecimentos das organizações em que trabalham.

Através de canais e veículos internos, as lideranças transmitem as informações capazes de fazer com que seus funcionários tenham uma visão completa da empresa.

Essa comunicação visa tornar claro coisas como a missão, os valores e a visão das organizações; também têm como foco traduzir essas informações transformando-as em estratégias e metas que precisam ser alcançadas; além de comunicar informações rotineiras sobre ações diárias, semanais ou mensais.

Modelos de comunicação interna

O processo de comunicação interna pode se movimentar de várias formas dentro de uma empresa, as mais comumente usadas são:

  • Comunicação escrita – esse é o modelo mais utilizado em um ambiente corporativo. Material gráfico impresso como jornais, revistas, catálogos institucionais, murais de avisos; ou meios tecnológicos como e-mails, Blogs corporativos, agenda compartilhada, entre outros;
  • Comunicação verbal – esse tipo de comunicação também é bastante utilizado no dia a dia das empresas, através de reuniões, palestras, confraternizações, com a intenção de que gestores, líderes e colaboradores podem interagir;
  • Comunicação vertical – esse é o tipo de comunicação usada por colaboradores que estão em um nível hierárquico mais alto e possui o caráter de planejar estratégias para a empresa;
  • Comunicação horizontal – aqui, todos os funcionários que possuem o mesmo nível hierárquico se comunicam entre si a fim de coordenarem atividades com mais fluidez, independente de ser ou não do mesmo departamento;
  • Comunicação diagonal – essa comunicação é feita entre todos os níveis hierárquicos, fazendo com que gestores, líderes, diretores e todos os funcionários recebam o mesmo tipo de informação. Sejam essas informações novos projetos, regras ou qualquer outro fator importante dentro de uma empresa.

Como visto aqui, apesar de possuírem objetivos e características diferentes, essas duas estratégias são fundamentais em qualquer organização.

Enquanto a comunicação interna se encarrega de alinhar os colaboradores com os objetivos da empresa, o endomarketing se foca em transformá-los em propagadores desses objetivos.

Assim, abrir mão dessas ações é o mesmo que deixar de lado a importância de profissionais motivados, produtivos e capazes de transformar o ambiente de trabalho em um espaço de colaboração mútua.

Redação

A redação da Revista Portal Útil é formada profissionais com vasta experiência em diversos setores de atuação.

1

Pode ser do seu interesse

6 Principais pontos para dar atenção para a perenidade do seu negócio

6 Principais pontos para dar atenção para a perenidade do seu negócio

Como montar uma farmácia com pouco dinheiro?

Como montar uma farmácia com pouco dinheiro?

Como começar um negócio sem dinheiro? Quais passos seguir?

Como começar um negócio sem dinheiro? Quais passos seguir?

Entenda a diferença entre representante e revenda: qual é o seu modelo de negócio?

Entenda a diferença entre representante e revenda: qual é o seu modelo de negócio?

Trabalho remoto: saiba como implementar de forma eficiente em sua empresa

Trabalho remoto: saiba como implementar de forma eficiente em sua empresa

Ganhe dinheiro com blogs e sites ricos em conteúdo relevantes

Ganhe dinheiro com blogs e sites ricos em conteúdo relevantes